Menu

Coluna / Nutrição / Nutrição Enteral

A Nutrição Enteral (NE) consiste na infusão de uma dieta líquida administrada por meio de uma sonda colocada no estômago ou no intestino. A ANVISA define nutrição enteral na Portaria n° 337: “Alimentação para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada ou combinada, de composição química definida ou estimada, especialmente elaborada para uso por sonda ou via oral, industrializados ou não, utilizado exclusiva ou parcialmente para substituir ou complementar a alimentação oral em pacientes desnutridos ou não, conforme suas necessidades nutricionais, em regime hospitalar, domiciliar ou ambulatorial, visando à síntese ou manutenção de tecidos, órgãos ou sistemas.”

A manutenção de um bom estado nutricional é fundamental para assegurar uma resposta adequada ao tratamento. Sem dúvida, a terapia nutricional enteral, quando utilizada em pacientes que não conseguem ingerir diariamente a quantidade de nutrientes necessários para atingir suas necessidades nutricionais, constitui uma importante ferramenta que a nutrição moderna utiliza em diversas situações clínicas.

A Nutrição Enteral deve ser considerada todas as vezes que o paciente não consegue ou não pode ingerir pela boca alimentos em quantidade suficiente para atender suas necessidades.

Pode apresentar-se da seguinte forma:

• Alimentação artesanal feita a partir de uma mistura de alimentos convencionais homogeneizados para forma líquida.
• Dietas industrializadas formuladas sob condições controladas a partir de fontes de alimentos e nutrientes, para proporcionar uma nutrição completa e balanceada.

É muito importante que alguns cuidados com a higiene sejam tomados para que a sua dieta não se contamine e possa ocasionar algum tipo de problema. Essa contaminação pode ser proveniente dos equipamentos, utensílios e superfícies higienizadas inadequadamente, de ingredientes mal armazenados e utilizados na preparação da dieta, do armazenamento inadequado da dieta enteral e das condições higiênicas dos manipuladores.

Cuidados importantes:

Nunca utilize produtos com data de validade vencida

Independente do tipo de dieta que for utilizada, a administração deve ser feita à temperatura ambiente. Se a dieta estiver guardada na geladeira, é preciso retirar o frasco e deixá-lo em temperatura ambiente por 30 minutos antes de administrá-lo. Agitar antes de usar. Anotar no frasco a data e o horário em que a dieta começou a ser administrada, para que não ultrapasse o prazo de validade microbiológica que o fabricante recomenda.

Tendo em vista que uma nutrição saudável e a segurança dos alimentos são pré-requisitos para uma boa saúde, a equipe multidisciplinar de terapia nutricional deverá definir e avaliar as questões envolvidas na seleção de dietas enterais ideais para os seus pacientes.

Até a próxima...



Pós graduada em Nutrição Humana e Saúde pela UFLA, Graduada em Nutrição pela UFOP. Atua na área da saúde pública no NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), área hospitalar (Hospital Dr. Pacífico Mascarenhas) no município de Caetanópolis, na área de educação como docente no CEFAP (Centro de Educação e Aperfeiçoamento Profissional) mnistrando aulas de bioquímica e Nutrição e Dietética e também atua na área clínica com atendimentos personalisados em casa (Home Care).

 




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados