Menu

Parlamentares se unem contra veto de Lula à desoneração da folha de pagamento

Em uma ação coordenada, presidentes de quatro frentes parlamentares do Congresso Nacional se uniram para contestar o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à desoneração da folha de pagamento. O manifesto foi entregue ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), durante um ato realizado nesta terça-feira (28).

Foto: TV Brasil Foto: TV Brasil

No último dia 23, Lula vetou integralmente o projeto que visava prorrogar a desoneração até 31 de dezembro de 2027. A desoneração permitiria a empresas de 17 setores da economia substituir a contribuição previdenciária por uma alíquota sobre a receita bruta do empreendimento, variando de 1% a 4,5%, dependendo do setor e serviço prestado.

O manifesto, assinado por membros das frentes parlamentares do Empreendedorismo, do Livre Mercado, do Comércio e Serviços, do Agro, da Mulher Empreendedora, da Mineração Sustentável, da Indústria, e do Material de Construção, destaca a importância da desoneração desde 2011 para a manutenção e geração de empregos em setores cruciais da economia, como indústrias têxtil, de calçados, máquinas e equipamentos, proteína animal, construção civil, comunicação e transporte rodoviário.

Os parlamentares reconhecem a necessidade de equilíbrio fiscal, mas argumentam que a desoneração não é apenas uma perda de arrecadação para a União. No documento, ressaltam que a medida contribui para a manutenção de empregos e o estímulo à atividade econômica, gerando receitas através do consumo e do recolhimento de outros impostos. Atualmente, os setores beneficiados empregam cerca de 9 milhões de trabalhadores.

Diante da ausência de uma diretriz clara sobre a substituição da desoneração pelo governo, os parlamentares consideram a derrubada do veto como o caminho mais acertado para garantir a segurança dos empregos que serão impactados com a medida.

A presidente da Frente Parlamentar Mista pela Mulher, Any Ortiz (Cidadania-RS), expressa sua preocupação, afirmando que o veto à desoneração aumentará o custo de vida dos brasileiros. Destaca ainda que setores como têxtil e transporte serão particularmente afetados, prejudicando a competitividade das empresas e influenciando diretamente no custo do transporte público.

A desoneração da folha, aprovada pelo Congresso Nacional, visa possibilitar que as empresas reduzam o valor do imposto, permitindo a contratação de mais funcionários e a manutenção de empregos.

Entre as 17 categorias de que trata o projeto estão:

  • Indústria (couro, calçados, confecções, têxtil, proteína animal, máquinas e equipamentos);
  • Serviços (tecnologia da informação, call center, comunicação);
  • Transportes (rodoviário de cargas, rodoviário de passageiros urbano e metro ferroviário);
  • Construção (construção civil e pesada).

Da redação com G1

Clique e siga as redes sociais do SeteLagoas.com.br para ficar bem informado: InstagramTwitterThreadsYouTubeTikTok e Facebook

Receba as notícias do SeteLagoas.com.br via Whatsapp AQUI

 



Publicidade

+ Política

Pesquisa do AliExpress diz que imposto de importação afastou brasileiro de baixa renda

Pesquisa do AliExpress diz que imposto de importação afastou brasileiro de baixa renda

Uma pesquisa recente divulgada pelo AliExpress revelou que quase 70% dos consumidores interromperam suas compras de...

Viagens de Lula já somam mais de 7 voltas ao mundo e gastos de 3.3 bilhões de reais

Viagens de Lula já somam mais de 7 voltas ao mundo e gastos de 3.3 bilhões de reais

As frequentes viagens internacionais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva já acumulam praticamente sete voltas ao red...

Pesquisa aponta que 74% dos brasileiros acredita que STF ‘incentiva a corrupção’

Pesquisa aponta que 74% dos brasileiros acredita que STF ‘incentiva a corrupção’

Segundo levantamento realizado pelo instituto de pesquisa Genial/Quaest, 74% dos brasileiros acreditam que o Supremo Tri...

“Encerrar atividades”: essa é a resposta dos aplicativos de delivery que classificam como “inaceitável” proposta do governo; ENTENDA

“Encerrar atividades”: essa é a resposta dos aplicativos de delivery que classificam como “inaceitável” proposta do gove…

As empresas do ramo de delivery, como iFood e Rappi, expressaram forte oposição à proposta de estabelecer um pagamento m...

Ministro do Trabalho critica iFood em evento sobre PL de aplicativos: ‘Negócio explorador’

Ministro do Trabalho critica iFood em evento sobre PL de aplicativos: ‘Negócio explorador’

O Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, apresentou um Projeto de Lei (PL) que visa regulamentar a atuação de motoris...

Deputada Carla Zambelli é indiciada por invasão ao site do CNJ e corre risco de perder mandato

Deputada Carla Zambelli é indiciada por invasão ao site do CNJ e corre risco de perder mandato

A Polícia Federal indiciou a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) no inquérito que investiga a tentativa de invasão d...

Diretor da Petrobras é suspeito de orquestrar greve para forçar acordo que causaria prejuízo de R$ 500 milhões

Diretor da Petrobras é suspeito de orquestrar greve para forçar acordo que causaria prejuízo de R$ 500 milhões

A Petrobras iniciou uma investigação interna para esclarecer os pormenores de um acordo com a petroquímica Unigel,...

Governo define projeto para regulamentar o trabalho de motoristas de aplicativo; Uber e 99 estão na lista

Governo define projeto para regulamentar o trabalho de motoristas de aplicativo; Uber e 99 estão na lista

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva tem planos de apresentar ao Congresso Nacional, na próxima semana, um pro...

Governo Federal corta 13 milhões da UFBA e universidade pode ficar sem água e energia elétrica

Governo Federal corta 13 milhões da UFBA e universidade pode ficar sem água e energia elétrica

Em 2024, a Universidade Federal da Bahia (UFBA) está lidando com uma situação financeira difícil, com um orçamento que s...

Haddad defende imposto global e pede por ação conjunta no G20 para combater desigualdade e mudança climática

Haddad defende imposto global e pede por ação conjunta no G20 para combater desigualdade e mudança climática

Haddad concluiu seu discurso durante a 1ª Reunião de Ministros de Finanças e Presidentes de Bancos Centrais da Trilha de...

O SeteLagoas.com.br utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência!
Termos