Menu

Ministério Público arquiva denúncias contra o vereador Caio Valace

Na última terça-feira (16), o presidente da Câmara de Sete Lagoas Caio Valace (PDT) fez pronunciamento onde dizia que, finalmente, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) haviam arquivados todos os inquéritos abertos contra ele no exercício da presidência da Mesa Diretora. Tantas foram as polêmicas que o edil aponta que sua gestão foi 'a mais investigada' por órgãos públicos dentro da Casa Legislativa.

Foto: SeteLagoas.com.br / reprodução / arquivoFoto: SeteLagoas.com.br / reprodução / arquivo

Em seu comunicado, o edil aponta que enfrentou "graves acusações feitas por alguns colegas da casa legislativa, as quais foram amplamente divulgadas nos microfones do plenário e encaminhadas ao Ministério Público e outras entidades de fiscalização", como enviado em primeira nota para a imprensa.

Foram conjuntos de três acusações realizadas no ano de 2023 que tiveram suas investigações arquivadas pelo MPMG:

1 - Servidora exonerada e reunião com recolhimento de celulares

A principal denúncia envolvendo Caio Valace, que se tratavam da exoneração de uma servidora com cargo de confiança do Legislativo sem a assinatura dos membros da Câmara e de uma reunião onde aparelhos celulares dos integrantes foram recolhidos, viraram pauta de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O Ministério Público entendeu que não houve improbidade administrativa nos atos do presidente.

Dentro dessa acusação, também foram apurados a denúncia de usurpação de competência ao supostamente ferir o Regimento Interno da casa após o próprio presidente da Câmara apresentar, à Polícia Civil, notícia de fato contra os vereadores Júnior Sousa (PRD) e Carol Canabrava (Avante). O MP decidiu que não houve irregularidade.

2 - Denúncia do vereador Janderson Avelar ao MP

O desdobramento da CPI culminou com a denúncia do vereador Janderson Avelar (MDB), que era membro da Mesa Diretora, apresentando que Caio teria promovido coação moral contra a servidora exonerada, além da suposta irregularidade em sua dispensa pelo presidente da Câmara. De acordo com o Ministério Público, a competência para a investigação dos atos é do Legislativo - e este decidiu que nada tinha de irregular.

Uma outra denúncia realizada por Janderson foi a de supostas irregularidades em um pregão realizado pela Câmara. O MP entendeu que poderia sim haver irregularidade, mas sem improbidade

3 - Rachadinha no gabinete de Caio Valace e mandados de segurança de Ivson de Castro

Por fim, o Ministério Público decidiu também pelo arquivamento de uma denúncia sobre rachadinha no gabinete do vereador, e de mandados de segurança impetrados por Ivson de Castro (PL), além de outras queixas feitas pelo edil.

Gestão 'mais investigada' da Câmara

O ano de 2023 foi conturbado para o cargo de presidente da Câmara de Sete Lagoas. As ações de Caio Valace logo encontraram oposição aos diversos vereadores da Casa - incluindo membros da base aliada ao prefeito Duílio de Castro (PSB), que acabaram por deixar de integrar a Mesa Diretora, por diversas discordâncias. A mais marcante delas, a CPI, acabou tendo como destino o arquivo, pela falta de irregularidades (apesar do apoio de sete vereadores na sua abertura).

Em nota enviada a imprensa, Caio aponta que "não há notícias de nenhum outro presidente da Câmara Municipal que tivera suas condutas e ações tão investigadas e em tantas instâncias quanto este vereador: Ministério Público, Comissão de Ética, CPI, Corregedoria, OAB". O edil aponta que as "perseguições" na verdade lhe concederam um 'presente'.

A nota do presidente da Câmara pode ser acessada na íntegra AQUI.

Da redação

Clique e siga as redes sociais do SeteLagoas.com.br para ficar bem informado: InstagramTwitterThreadsYouTubeTikTok e Facebook

Receba as notícias do SeteLagoas.com.br via Whatsapp AQUI



Publicidade

+ Política

Câmara de Sete Lagoas aprova doação de terreno para construção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Câmara de Sete Lagoas aprova doação de terreno para construção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecno…

Com 10 votos favoráveis, o Legislativo aprovou a doação de um terreno de 22.788,94m² na Avenida Tonico Reis, em Sete...

Congresso derruba veto de Lula e volta a proibir "saidinha" de presos

Congresso derruba veto de Lula e volta a proibir "saidinha" de presos

O Congresso Nacional derrubou os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à lei que restringe a saída temporári...

Se não causar poluição visual, distribuição de santinhos em feiras livres é permitida

Se não causar poluição visual, distribuição de santinhos em feiras livres é permitida

Na sessão desta quinta-feira (23), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a distribuição de santinhos por ca...

Em ano de eleição você precisa saber qual a diferença entre Voto em Branco e Voto Nulo; veja aqui

Em ano de eleição você precisa saber qual a diferença entre Voto em Branco e Voto Nulo; veja aqui

No Brasil, o eleitor é obrigado a comparecer às urnas ou apresentar uma justificativa para sua ausência. Entretanto, ...

Gestores discutem sobre futuro da ‘Escolinha da CEMIG’ de Sete Lagoas

Gestores discutem sobre futuro da ‘Escolinha da CEMIG’ de Sete Lagoas

Qual será o futuro da "Escolinha da CEMIG" em Sete Lagoas? Essa pergunta é feita por políticos, gestores e a populaç...

STF reconhece assédio judicial contra a imprensa e aprova tese para inibir prática

STF reconhece assédio judicial contra a imprensa e aprova tese para inibir prática

Em decisão unânime, a Corte Suprema brasileira considerou ilegal o ajuizamento de múltiplas ações judiciais para in...

Parlamento Jovem é eleito em Sete Lagoas; veja o resultado

Parlamento Jovem é eleito em Sete Lagoas; veja o resultado

Na última segunda-feira, 20 de maio, as 17 escolas participantes do processo de eleição dos novos vereadores do Parla...

Julgamento no STF propõe medidas contra 'assédio judicial' a jornalistas

Julgamento no STF propõe medidas contra 'assédio judicial' a jornalistas

O Supremo Tribunal Federal (STF) está em processo de reconhecer o "assédio judicial" contra jornalistas. Na quinta-fei...

Câmara de Sete Lagoas realiza Semana da Abolição da Escravatura a partir de segunda (13)

Câmara de Sete Lagoas realiza Semana da Abolição da Escravatura a partir de segunda (13)

A Câmara Municipal de Sete Lagoas (CMSL) vai celebrar a Semana da Abolição da Escravatura com atividades começando n...

Câmara dos Deputados aprova projeto de lei que torna obrigatório para companhias aéreas o rastreamento do transporte de pets

Câmara dos Deputados aprova projeto de lei que torna obrigatório para companhias aéreas o rastreamento do transporte …

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8) um projeto de lei que determina que as companhias aéreas devem d...