Menu

Governo vai quitar 13º de servidores que recebem até R$ 2.500 na terça

O governo de Minas Gerais informou na noite dessa quinta-feira (16) que vai quitar, na próxima terça-feira, o 13º salário de 2019 de todos os servidores que recebem entre R$ 2.000 a R$ 2.500 líquidos. A medida contempla mais de 60 mil funcionários públicos, que se somam àqueles com salário até R$ 2.000 e que já receberam a totalidade do benefício em dezembro.

Cidade Administrativa — Foto: Alex de Jesus/O TempoCidade Administrativa — Foto: Alex de Jesus/O Tempo

De acordo com a assessoria de imprensa do governo, o pagamento só será possível “graças aos esforços adicionais da Secretaria de Fazenda, especificamente, da Receita Estadual, que tem se empenhado ao máximo no sentido de incrementar a arrecadação do Estado”.

Por conta disso, os servidores lotados na Fazenda vão receber a bonificação natalina em três parcelas iguais, independente do valor total do salário. A primeira parcela também será paga na terça-feira, e as demais ainda não têm data para a quitação.

"O governo havia firmado compromisso com a Fazenda de que pagaria, em três parcelas, o 13º dos servidores da referida secretaria, caso ela conseguisse levantar recursos para quitar com o abono de quem recebe entre R$ 2.000 e R$ 2.500. Por isso, os servidores fazendários recebem a primeira parcela também no dia 21”, informou o governo.

Em dezembro de 2019, o Executivo efetuou o pagamento integral do 13º salário a 61,5% dos servidores mineiros que recebem até R$ 2.000 líquidos. Na época, o governo alegou estar utilizando o critério social, que garantia a prioridade aos funcionários que recebem menos.

Para os servidores que recebem mais de R$ 2.500 líquidos e não são lotados na Secretaria de Fazenda, o governo de Minas afirmou que ainda busca solucionar esse débito. “Contudo, a operação da antecipação dos recebíveis do nióbio é a garantia para a quitação total do 13º salário dos servidores”, diz a nota enviada pelo Executivo.

A incerteza acerca do pagamento do 13º salário, porém, não inclui os servidores da área da segurança pública. Policiais, bombeiros, agentes penitenciários e do sistema socio-educativo têm garantido o pagamento em três parcelas iguais, independentemente do valor do salário a receber. A primeira foi quitada no dia 21 de dezembro. Na terça-feira próxima, eles receberão a segunda parcela. A terceira está prevista para ser depositada em 21 de fevereiro.

No último dia 14, o governador gravou um vídeo em suas rede sociais para dar satisfações ao servidor e voltou a prometer empenho para a solução do problema. “Nós estamos trabalhando muito para agilizarmos essa operação que vai propiciar o pagamento do mesmo. Não temos ainda, infelizmente, uma data definida. Estamos correndo dia e noite para que saia o quanto antes. Meu grande desejo é que o funcionalismo público que ainda não recebeu venha receber o 13º o quanto antes”, disse o governador.

Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados