Menu

Confira cinco motivos para não perder o jogo de abertura da Copa do Mundo

Nesta quinta-feira (14), a espera finalmente acaba. A bola vai rolar na Rússia para a edição de 2018 do maior do torneio de futebol do planeta. A seleção anfitriã encara a Arábia Saudita no estádio Luzhniki, em Moscou, para fazer o jogo de abertura da competição. A partida está marcada para às 12h (de Brasília).

Atrações do jogo de abertura da Copa do Mundo da RússiaAtrações do jogo de abertura da Copa do Mundo da Rússia

Apesar de nenhuma das seleções envolvidas serem tradicionais ou favoritas ao título mundial, o Correio elencou cinco motivos para o amante do futebol não perder o pontapé inicial da Copa do Mundo.

Acabou a espera

Exatos 1432 depois de 13 de julho de 2014, quando o gol de Gotze deu o título mundial aos alemães, a bola volta a rolar pela Copa do Mundo. Apesar do confronto não ser dos mais atrativos, o duelo é aguardado por marcar o pontapé inicial da maior competição de futebol do planeta. Em 1993, na única vez em que Rússia e Arábia Saudita se enfrentaram, melhor para os árabes, que venceram o confronto por 4 x 2. Teve até gol contra do zagueiro russo Dmitri Galiamin.

Cerimônia de abertura

Como já é tradição, o jogo de estreia é precedido por uma cerimônia de abertura. Neste ano, o evento começará às 11h30 (de Brasília). O cantor britânico Robbie Willians e a soprano russa Aida Garifullina farão apresentações musicais. O apresentador será Ronaldo Fenômeno, camisa 9 do título brasileiro em 2002. A música oficial da Copa, "Live it up" será interpretada por Nicky Jam, Will Smith e Era Istrefi. Campeão em 2010 com a Espanha, Iker Casillas conduzirá o troféu do torneio até o palco antes da bola rolar.

Novidades na arbitragem

Possivelmente, será a primeira chance do torcedor entender, na prática, como o árbitro de vídeo (VAR) será utilizado na Copa. O auxiliar principal terá comunicação direta com o juiz de campo e este vai definir se o lance precisa ser verificado. Serão 33 câmeras espalhadas pelo estádio. O primeiro árbitro a apitar um jogo na competição da Rússia será o argentino Nestor Pitana, que esteve no torneio em 2014. Há uma curiosidade: a marca que confecciona o relógio utilizado pelos árbitros na Copa serão comercializados por "apenas" R$ 17 mil. 

Quem é quem?

Não se assuste se, ao decorrer de Rússia e Arábia Saudita, você achar que está vendo o mesmo jogador com números de camisa diferentes. Provavelmente, o telespectador estará fazendo uma confusão entre o meia Anton Miranchuck e o atacante Alexey Miranchuck, do time russo. Os jogadores do Lokomotiv Moscou são gêmeos e, nos últimkos amistosos, ficaram no banco do time de Stanislav Tchertchesov. Eles têm um desafio importante pela frente: sem contar as participações como União Soviética, a Rússia jamais avançou às oitavas de final.

Brasileiro "intruso"

Mário Fernandes é um dos cinco brasileiros que estarão na Copa do Mundo defendendo outras cores. Para quem não conhece o lateral-direito, ele foi revelado no Grêmio e já foi até chamado pela Seleção Brasileira. Em 2011, chegou a recusar uma convocação de Mano Menezes, já pensando em jogar pelo país europeu. Apesar de estar retornando de uma lesão muscular, o gaúcho deve ser titular no time anfitrião.

Com Superesportes




Banner Camara Municipal 220518
Publicidade
Publicidade

Links patrocinados