;
Menu

Sete Lagoas > Notícias > Esportes

Cruzeiro joga mal e empata com a URT em Patos de Minas pelo Campeonato Mineiro

  • Categoria: Esportes

Após vencer todos os sete jogos que disputou na temporada, o Cruzeiro empatou com a URT, por 1 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro.

O Cruzeiro saiu na frente, com um gol de pênalti marcado pelo atacante argentino Ramón Abila, artilheiro da competição, com três gols, mas cedeu o empate ao adversário, que foi o campeão estadual do interior em 2016 e atualmente ocupa a terceira colocação do Mineiro.

Argentino Ábila marca o gol do Crueiro e assume artilharia do Mineiro/Foto: DivulgaçãoArgentino Ábila marca o gol do Crueiro e assume artilharia do Mineiro/Foto: Divulgação

Já a Raposa assumiu momentaneamente a liderança isolada do Estadual e volta a campo na noite da próxima quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, contra o São Francisco-PA, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Antes da bola rolar, Jackson Follmann, goleiro da URT no ano passado e um dos sobreviventes do acidente aéreo na Colômbia que vitimou 71 pessoas entre atletas e dirigentes da Chapecoense, jornalistas e tripulação, foi homenageado pela diretoria da equipe de Patos de Minas.

O jogo

O Cruzeiro começou a partida muito bem, com uma postura ofensiva, marcando a saída de bola do adversário e buscando o gol de abertura, que esteve perto de sair logo aos 8 minutos. Alisson roubou a bola de Everton, na intermediária, e cruzou para Abila, mas o zagueiro Rodolfo conseguiu antecipar e aliviou o perigo.

Empurrada pela torcida local, a URT suportou a pressão inicial da Raposa e começou a se arriscar um pouco mais na frente, embora não conseguia superar a forte marcação do Time do Povo.

Bem melhor em campo, o Maior de Minas passou a encontrar brechas na defesa da equipe da casa, como no lance iniciado por Alex, aos 18 minutos. O meia lançou Abila dentro da área, mas o argentino foi desarmado pelo zagueiro Luan, que usou o braço para interceptar a jogada.

A URT respondeu logo, com Allan Dias, que desviou, de cabeça, um cruzamento de Fábio Alves, dentro da área, e Rafael segurou firme.

Passado o susto, o Cruzeiro voltou a comandar as ações e quase marcou, em um cabeceio de Alex, após escanteio cobrado por Rafinha, mas a bola saiu, com muito perigo, acima do gol de Juninho.

Pouco tempo depois, após corte da zaga, Henrique cabeceou dentro da área e Luan conseguiu cortar. A Raposa pressionava a URT, mas o gol insistia em não sair. Aos 37, após linda jogada ofensiva cinco estrelas, Fabrício recebeu passe de calcanhar de Alex, mas cruzou muito forte para a área e Abila não conseguiu chegar.

Nos instantes finais da primeira etapa, Alisson recebeu passe de Léo de chutou da intermediária, à direita do gol.

Igualdade

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com Rafael Sobis no lugar de Alex e seguiu pressionando os donos da casa, em busca da oitava vitória seguida. Aos 9 minutos, Alisson recebeu de Mayke, penetrou na área e cruzou para Abila, mas o zagueiro Rodolfo chegou primeiro e tirou para escanteio.

Três minutos depois, Rafael Sobis cobrou falta na intermediária e Juninho defendeu. Só dava Raposa, que teve duas claras chances para marcar na mesma jogada, em chutes de Sobis e Alisson, mas ambos foram defendidos por Juninho.

Aos 16, Rafinha recebeu passe dentro da área e foi derrubado por Luan. Pênalti, que Ramón Abila cobrou muito bem e converteu. Cruzeiro 1 a 0. No lance do pênalti, o árbitro Emerson de Almeida Ferreira não deu cartão amarelo para Luan, que já havia recebido um amarelo anteriormente.

Atrás no marcador, a URT se mandou para o ataque e conseguiu empatar aos 24 minutos, através de Gabriel Ceará, que recebeu lançamento preciso de Carlinhos e chutou na saída de Rafael, sem chance alguma para o goleiro celeste. 1 a 1.

Animado com o gol de igualdade, a equipe de Patos de Minas quase fez o segundo, em um chute muito forte de Carlinhos, de fora da área. A bola raspou o travessão de Rafael e saiu à linha de fundo.

Aos 28, Mano Menezes fez a segunda alteração na equipe, colocando Elber no lugar de Alisson. Aos 34 foi a vez de Diogo Barbosa substituir Rafinha.

Com muito volume de jogo, o Maior de Minas seguiu buscando o ataque, pressionando o adversário e por pouco não conseguiu a vitória, aos 46 minutos, em um chute forte de Ramón Abila, que só não entrou porque explodiu no zagueiro Rodolfo.


URT 1 X 1 CRUZEIRO
Motivo: 4ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 18/02/2017 (sábado)
Local: estádio Zama Maciel, em Patos de Minas-MG
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira-MG (Asp-Fifa)
Gols: Ramón Abila, aos 17 min., e Gabriel Ceará, aos 24 min. do 2º tempo
URT: Juninho; Everton, Rodolfo, Luan e Fábio Alves; Jô, Allan Dias, Cascata (Jordã) e Carlinhos; Edmar (Rafael Oller) e Marques (Gabriel Ceará)
Técnico: Rodrigo Santana
Cruzeiro: Rafael; Mayke, Léo, Kunty Caicedo e Fabrício; Henrique, Ariel Cabral, Alex (Rafael Sobis) e Rafinha (Diogo Barbosa); Alisson (Elber) e Ramón Abila
Técnico: Mano Menezes

Da Redação com Cruzeiro