Menu

ATUALIZAÇÃO: Ministério Público e PM realizam operação na Prefeitura de Sete Lagoas para apurar irregularidades; PMSL emite nota de esclarecimento

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) está realizando na manhã desta terça-feira (9) uma operação em conjunto com a Polícia Militar (PM) para apurar irregularidades na Prefeitura Municipal de Sete Lagoas.

A operação está sendo realizada pelo MPMG e PM na sede da prefeitura de Sete Lagoas/ Foto: Reprodução WhatsAppA operação está sendo realizada pelo MPMG e PM na sede da prefeitura de Sete Lagoas/ Foto: Reprodução WhatsApp

De acordo informações preliminares do MPMG, a ação coordenada pelo promotor Rodrigo Azevedo busca identificar possíveis fraudes na arrecadação do IPTU durante a gestão do ex-prefeito Márcio Reinaldo.

Vários mandados de buscas e apreensões estão sendo realizados em secretarias municipais, residências de funcionários e ex-funcionários e também em algumas empresas da cidade.

Em nota, a Prefeitura de Sete Lagoas afirmou que a operação é baseada em inquérito instaurado em 2016 para investigar irregularidades na arrecadação do IPTU referente aos anos de 2013, 2014 e 2015. Também ressaltou que está colaborando com as investigações e que em virtude disso, suspendeu o atendimento público na Central do Contribuinte (CECON).

Confira a íntegra da nota de esclarecimento da Prefeitura:

A Prefeitura de Sete Lagoas informa que está colaborando, de forma irrestrita, quanto as ações realizadas pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) desde o início da manhã desta terça-feira, 9. Com apoio da Polícia Militar, Promotores de Justiça cumprem mandados de busca e apreensão na cidade.

A operação é baseada em um inquérito de 2016 que investiga possíveis irregularidades na arrecadação do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) referente aos anos de 2013, 2014 e 2015.

A atual administração municipal, iniciada em 2017, esclarece que em virtude da ampla colaboração com os trabalhos do MPMG, suspendeu o atendimento público na Central do Contribuinte (CECON). Tal medida tem o intuito de viabilizar o acesso do órgão a todos os dados necessários para a investigação em andamento.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Sete Lagoas

O MPMG informou que divulgará informações assim que a operação for concluída.

Aguarde mais informações.

 

Nubya Oliveira com MPMG




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados