Menu

Sete Lagoas > Notícias > Cidades

Demétrius Cotta expõe trabalhos no XV Circuito Internacional de Arte Brasileira.

  • Categoria: Cidades

A arte abstrata das fotos digitais de Demétrius Cotta leva o nome de Sete Lagoas e Minas Gerais no XV Circuito Internacional de Arte Brasileira. Sob a curadoria do Colege Arte, o artista, com apoio da Prefeitura, compõe o time brasileiro que expõe as obras na Galeria Fórum Berlim Am Meer, na Alemanha, de 24 a 28 de maio. O próximo roteiro é a Galeria Dólmen, em Praga, na República Theca, de 28 de junho a 9 de julho.

Cotta foi convidado para mostrar o desenvolvimento de pesquisas conceituais em torno da luz e sombra, com a intenção de “evocar um barroco impunemente contemporâneo com bases fincadas na ideologia chiaroscuro [claro e escuro] de valores contrastantes”. Por esses valores, a representação de um objeto enfatiza o efeito dramático da perspectiva tonal e sua incidência sobre um corpo físico.

No entendimento do artista, as formas não existem em um espaço temporal e, sim, em um eixo metafísico em oposição a uma estrutura definida. Nesse sentido, os corpos e objetos não existem independentes de um plano de projeção. O foco dessa abordagem, nos ensaios fotográfico de Cotta é o instante chiaroscuro de uma vivência atemporal com valores em ascensão no mundo das artes fotográficas. Segundo a psicanalista e curadora de arte paulistana, Paula França, “Demétrius Cotta desenvolve transposições pictóricas, sua visão é aquela do pintor abstrato que através da desestruturação da realidade palpável cria a sua própria idéia de mundo”.

O Circuito Internacional de Arte Brasileira foi criado há 16 anos para democratizar o acesso aos bens de cultura, divulgando a arte brasileira no exterior, com foco, na Europa. A curadora geral do Circuito, Iolanda Gontijo, explica que o maior orgulho dos organizadores é possuir, hoje, como patrimônio, centenas de depoimentos de artistas que passaram a viver dignamente da arte, depois de participarem do Circuito e dos movimentos culturais. A mostra itinerante já passou por 18 países.

 

Ivan Figueiredo
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Sete Lagoas

 

 

Projeto “Causos e Violas das Gerais” traz o violeiro Wilson Dias a Sete Lagoas

  • Categoria: Cidades
Sete Lagoas vai receber o projeto “Causos e Viola das Gerais” com a apresentação do cantor, compositor e violeiro Wilson Dias e Banda. O
projeto acontece em parceria com o SESC/MG, e a Prefeitura. Wilson Dias, é mineiro do Vale do Jequitinhonha, e é destaque na área por atuar como pesquisador da música de raiz e também por compor canções próprias. “Causos e Violas das Gerais” foi criado no ano de 2003 como com o objetivo de valorizar e resgatar as mais interessantes manifestações culturais do povo mineiro. Depois de passar por diversas cidades do interior do estado, em 140 edições, o projeto chega a Sete Lagoas. Os interessados em conferir um pouco do talento de Wilson Dias e Banda e só comparecer a Praça Dom Carlos Carmelo Mota (Pça. Da Feirinha) neste sábado, a partir das 20h30. A entrada é franca.
 
da redação com informações da SECOM/Prefeitura de Sete Lagoas

 

Links patrocinados