Menu

Sete Lagoas recebe neste sábado a final do Prêmio de Música das Minas Gerais 2018

A grande final do Prêmio de Música das Minas Gerais está chegando. Sete Lagoas recebe o evento com as 12 canções que farão parte do disco do Prêmio neste sábado, 6 de outubro, às 19h, na Praça da Feirinha, quando serão escolhidas as três campeãs da edição 2018 do festival. O evento ainda conta com show de encerramento da banda Zé da Guiomar, trazendo o melhor do samba, da bossa e do choro.

Zé da Guiomar / Foto: Tamara AlvesZé da Guiomar / Foto: Tamara Alves

Em cada uma das três etapas, ocorridas em Diamantina, Pará de Minas e Montes Claros, foram escolhidas quatro finalistas de ritmos, gêneros e estilos bem diferentes. Isso mostra a diversidade, ousadia e inovação da música mineira. Infelizmente, porém, não foi desta vez que músicos de Sete Lagoas foram selecionados. Concorreram nesta edição representando a cidade os compositores Léo Guto e Rojan Gabriel, ambos disputando a etapa de Pará de Minas.

O curador do Prêmio há 5 anos, Guilherme Castro, doutor em música pela Unicamp e professor do Curso de Licenciatura em Música do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, afirma que essa variedade é uma característica bonita da música feita por aqui. "Minas Gerais mostrou neste concurso que a sua arte musical está viva, plena, cheia de ideias, vozes e timbres. O nosso estado, como já é de conhecimento de pessoas relacionadas à música e arte, como também do conhecimento do público, é um seleiro de belezas musicais e inovação na arte da canção", explica.

Na grande final em Sete Lagoas estão concorrendo as canções: Baleia com o intérprete Octavio Cardozzo de Belo Horizonte; Energia interpretada por Rabello de Belo Horizonte; Eu Fui à Feira por Michelle Andreazzi de Belo Horizonte; Falsa utopia interpretada por Diego Fernandes de Belo Horizonte; Moça interpretada por Laura Jannuzzi da cidade de Juiz de Fora; Na roça interpretada por A Outra Banda Da Lua de Montes Claros; Quando o sol se apaga e a lua acende interpretada pelo grupo Assuntá de Pará de Minas; Shangri-Lah com o intérprete Lafetah de Belo Horizonte; Sopro de sanidade por Emílio Dragão de Belo Horizonte; Sussarana com a banda O.S.D.A.R.A.S. de Diamantina; Trilhos da Vida com Fernanda Santanna de Barbacena e a música Um Rio com o intérprete Paulim Sartori de Belo Horizonte.

Todas essas canções farão parte do CD que será lançado depois do encerramento do Prêmio, com distribuição gratuita e tiragem de mil exemplares. As bandas integrantes do CD recebem 50 cópias do disco para divulgação de seu trabalho. Há ainda o prêmio em dinheiro de R$7 mil para o 1º lugar, R$5 mil para 2º Lugar e R$3mil para o 3º lugar, disputados nesta etapa final e a ajuda de custo para os demais participantes que não ficarem entre os três primeiros lugares.

Os jurados da grande final serão o curador principal do Prêmio Emílio Pieroni, o presidente da rádio Inconfidência Elias Santos, o produtor musical e produtor cultural Léo Dias, o curador e músico Guilherme Castro e o músico Ricardo Lima, o Frei. O Prêmio de Música das Minas Gerais é patrocinado pelo Grupo GA. BRASIL e tem gestão da Espaço Ampliar – Assessoria, Projetos e Eventos, que é especialista em produção de eventos culturais em todo o Estado. Todas as canções do Prêmio de Música das Minas Gerais podem ser ouvidas no site, www.premiodemusicaminas.com.br, na rádio online.

SERVIÇO
Grande Final: Sete Lagoas – 06 de outubro
Horário: 19h
Local: Praça da Feirinha
Entrada franca

 

Com AsCom Santa Helena Valley




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados