Menu

América e Cruzeiro empatam e decisão fica para o segundo jogo

Em um jogo de poucas emoções e um público pequeno para um clássico, 4.429 torcedores. América e Cruzeiro ficaram no 1 a 1, neste domingo, no Independência, no primeiro duelo da semifinal do Campeonato Mineiro.

Partida entre América MG x Cruzeiro na Arena Independência em Belo Horizonte MG./Foto: Douglas Magno/O TempoPartida entre América MG x Cruzeiro na Arena Independência em Belo Horizonte MG./Foto: Douglas Magno/O Tempo

Diferentemente do ano passado, quando conseguiu inverter a vantagem cruzeirense atuando em seus domínios no primeiro jogo – venceu por 2 a 0 –, o Coelho vai ter que desbancar o único time de Série A no próximo domingo, no Mineirão, se quiser seguir com chance do bicampeonato estadual.

A Raposa, que saiu perdendo – Messias fez para o América no segundo tempo –, buscou a igualdade com Thiago Neves e manteve a invencibilidade de 21 partidas sem perder na temporada. Agora são 16 vitórias e cinco empates. Segunda colocada na fase de classificação do Mineiro, a equipe celeste avança à decisão com um novo empate diante do time americano, que terminou a primeira fase em terceiro.

Poupado na partida contra o São Paulo, Rafael Sóbis estava de volta. Embora em vantagem no confronto, o Cruzeiro não entrou em campo para administrar resultado. Pelo contrário. Com um time melhor tecnicamente, tomou a iniciativa e teve mais tempo com a bola nos pés.

O América, embora mais comedido, conseguiu construir boas chances. O goleiro Rafael trabalhou bem no primeiro tempo, mas o gol que Renan Oliveira perdeu debaixo das traves é o que mais deixou o americano injuriado. João Ricardo também teve serviço, principalmente pelo alto. A Raposa foi para o intervalo reclamando de um pênalti não marcado sobre Arrascaeta.

Para a segunda etapa, Mano Menezes sacou Mayke, promoveu o retorno de Henrique, recuperado de lesão e deslocou Hudson para a direita. Com 15 min, ele tirou Arrascaeta e colocou Alisson. Se o Cruzeiro não produzia tanto, o América passou a acreditar e, aos 16 min, o zagueiro Messias abriu o placar na bobeada da zaga celeste.


Com O Tempo




Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar