Menu

Cruzeiro tentará dar mais um passo pela liderança do Campeonato Brasileiro em reencontro com Vasco

Cruzeiro e Flamengo se enfrentam pelas oitavas de final da Copa Libertadores só depois do Mundial da Rússia, em duelos confirmados para 8 e 29 de agosto, mas têm uma briga particular antes desses compromissos. Na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos, a Raposa tenta se aproximar e brigar pela ponta da tabela, hoje ocupada pelo rubro-negro, com 20. Para dar mais um passo até o objetivo, a equipe de Mano Menezes tentará bater o Vasco nesta quarta-feira, às 21h45. O reencontro entre os clubes será no Mineirão.

Foto: Reprodução Superesportes / Mano Menezes não confirmou o Cruzeiro para jogo diante do Vasco, nesta quarta, no MineirãoFoto: Reprodução Superesportes / Mano Menezes não confirmou o Cruzeiro para jogo diante do Vasco, nesta quarta, no Mineirão

As duas primeiras partidas da temporada, ambas pelo Grupo 5 da Libertadores, tiveram finais bem diferentes. Se no Mineirão o Cruzeiro apresentou futebol burocrático e não conseguiu furar o sistema defensivo do Vasco no empate por 0 a 0, em São Januário deu resposta super positiva. Goleou o alvinegro por 4 a 0 com direito a show do atacante Sassá, que marcou dois gols.

Para o duelo desta quarta-feira, Mano Menezes tem algumas dúvidas. As principais delas no meio-campo. Embora tenha treinado nessa terça, Lucas Silva reclamou de dores após a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará e poderá ser poupado. Outro que enfrenta problemas clínicos é Lucas Romero. O argentino precisou tomar um ponto no confronto em Fortaleza. Também é dúvida para o jogo. No ataque, Sassá cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo e será substituído por Raniel.

Quem faz caminho contrário ao de Sassá é Robinho. O meio-campista cumpriu suspensão automática no último duelo e volta ao time contra o Vasco. A tendência é que Bruno Silva saia da equipe. Outro com retorno previsto é o capitão Henrique. O volante desfalcou a equipe nas vitórias contra Palmeiras e Ceará, mas está recuperado de desgaste muscular e será relacionado para a partida no Mineirão.

O atacante Rafael Sobis, que vai para seu sétimo confronto (o terceiro consecutivo como titular), minimizou a crise vivida pelo Vasco. Ele destacou que o Cruzeiro só vem alcançando os resultados justamente por respeitar igualmente todos seus adversários. “É uma camisa pesada, um clube grande, mas aqui não tem soberba e mostramos isso no duelo contra o Ceará. Era o vice-lanterna do Brasileiro naquela ocasião, mas o time foi humilde, se defendeu e soube jogar o jogo. Aqui não tem favoritismo, não tem nada e vamos trabalhar para vencer o Vasco”, projetou.

Despedida do Mineirão

Além da importância do jogo para os objetivos na temporada, o Cruzeiro fará a despedida do Mineirão. Depois do duelo contra o Vasco, a equipe celeste só voltará a jogar no Gigante da Pampulha depois da Copa do Mundo, que será disputada na Rússia entre 14 de junho e 16 de julho. As outras duas partidas antes do Mundial são contra Chapecoense, no sábado, às 19h, na Arena Condá, e diante do Paraná, dia 13 (quarta-feira), às 19h30, no Durival Britto. Consciente do longo período que passará longe do time do coração, os torcedores já adquiriram mais de 20 mil bilhetes de forma antecipada.

Vasco

Na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro com 11 pontos, o Vasco vem de derrota por 2 a 1 para o Botafogo e vive o auge de uma crise que começou já no início do ano com a eleição de Alexandre Campello para substituir Eurico Miranda. Eliminada da Libertadores, a equipe cruz-maltina também perdeu seu treinador na última semana. Zé Ricardo pediu demissão logo após o revés no clássico carioca. Jorginho foi anunciado na noite dessa terça-feira, mas Valdir Bigode será o responsável por comandar o time no Mineirão.

Na entrevista que concedeu ainda no Rio de Janeiro, o interno afirmou que espera “duas funções” de alguns jogadores. “Não vou citar nomes, nem a forma, mas vou cobrar”, disse ele. O lateral Rafael Galhardo e o meia Thiago Galhardo seguem fora da equipe por orientação do departamento médico. Envolvido em polêmica recente, o zagueiro Paulão está de volta ao time titular. Ele formará dupla de defesa com Ricardo. Desfalque no último jogo, o lateral-esquerdo Henrique também começa como titular nesta quarta.

CRUZEIRO X VASCO

Cruzeiro
Fábio; Edilson, Leo, Dedé e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Lucas Romero ou Bruno Silva); Robinho, Thiago Neves e Rafael Sobis; Raniel. Técnico: Mano Menezes

Vasco
Fernando Miguel, Luiz Gustavo, Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Andrey, Cosendey, Pikachu e Wagner; Ríos. Técnico: Valdir Bigode (interino)

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 6 de junho de 2018 (quarta-feira), às 21h45
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA/SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Fábio Rogerio Baesteiro (SP)

Com Superesportes




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados