Menu

Atlético perde para Unión La Calera pela Sul-Americana, mas técnico ainda tem esperanças de classificação

Pouco efetivo, o Atlético pouco incomodou o Unión La Calera, no Chile, na noite desta terça-feira (21), pela partida de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Como consequência, o Galo perdeu por 1 a 0. Para o técnico Rodrigo Santana, o Galo foi prejudicado pelo gramado sintético do Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar.

Santana já pensa na partida de volta, que será no dia 28, às 21h30, no Independência (Foto: Bruno Cantini/Atlético)Santana já pensa na partida de volta, que será no dia 28, às 21h30, no Independência (Foto: Bruno Cantini/Atlético)

“A gente sentiu muito o gramado, não conseguimos acelerar o jogo, a bola parava muito e isso dificultou nossa saída de bola. A gente não esperava ter tomado esse gol, queríamos ter feito um jogo mais seguro para sair com o empate. Não saio muito insatisfeito. Acho que temos equipe para buscar reverter o resultado diante de nossa torcida”, disse Santana.

Santana já pensa na partida de volta, que será no dia 28, às 21h30, no Independência. Vitória alvinegra por 1 a 0 levaria a decisão da vaga para os pênaltis. Para o duelo no Horto, o técnico deverá ter a maior parte dos titulares disponíveis. Nesta noite, oito jogadores foram poupados.

“A história vai ser completamente diferente. Temos que pressionar desde o início, temos condições disso. Se a gente tiver o elenco completo à disposição, a gente consegue fazer uma pressão grande e sai classificado”, concluiu.

Antes de reencontrar o Unión La Calera em Belo Horizonte, o Galo jogará pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, o time alvinegro visitará o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre, pela 6ª rodada da Série A.

Com Superesportes




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados