Menu

Sete Lagoas > Notícias > Polícia

Polícia Civil terá nova portaria para atendimento ao público

  • Categoria: Polícia
A sede da Delegacia Regional de Segurança Pública em Sete Lagoas terá nova portaria para atendimento ao público.
O delegado regional Osvaldo Júnior justiça a mudança como uma forma de melhor atender e fazer o controle de atendimento. “Vamos mudar a secretária para que as pessoas sejam identificadas ao chegarem e encaminhadas para os setores onde serão atendidas, passando inclusive por uma roleta que já se encontra funcionando”, disse. De acordo com o delegado, é um sistema já existente em várias delegacias e que funciona muito bem.  A nova portaria já recebeu as obras de melhoria, e a próxima etapa será a transferência do sistema de telefonia, informou o delegado regional. A porta de entrada também foi modificada, uma porta de vidro foi instalada no local.

Linda Martins

Policiais Civis da 29ª DRSP fazem curso do REDS e do Sistema PC/Net no UniFEMM

  • Categoria: Polícia
Desde a semana passada, policiais civis, incluindo delegados, detetives e escrivães lotados na 29ª Delegacia Regional de Segurança Pública em Sete Lagoas, estão fazendo o curso REDS - PCNET, sistema informatizado eletrônico de inquérito policial, para os policiais civis. O curso está sendo realizado no laboratório do UniFEMM em Sete Lagoas. Os funcionários cedidos pela Prefeitura para a Polícia Civil também fazem o curso.
O objetivo principal do sistema é a integração eletrônica dos registros de ocorrências policiais dos órgãos que compõem o Sistema de Defesa Social.
O PCnet é um dos módulos do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids), desenvolvido para consolidar cientificamente todos os passos técnicos que caracterizam as ações típicas da investigação policial. Trata-se de um sistema de alta disponibilidade e apto a elaborar os procedimentos policiais de forma eletrônica, e que viabiliza vários benefícios a seus usuários, como apoio no processo de tomada de decisão por meio de análise das informações sob várias perspectivas e construção de consultas e de indicadores; geração de documentos digitalmente; gerenciamento automatizado de processos; aumento da produtividade; redução de gastos e de tempo no atendimento ao cidadão; aumento da eficiência das unidades; padronização dos atos de polícia.

De acordo com Eliete Carvalho ,delegada regional adjunta da 29ª DRSP, esse sistema visa agilizar os trabalhos da Polícia Civil, que até então eram feitos no papel e passarão a ser registrados eletronicamente, ou seja, principalmente os boletins de ocorrência.
Ela explica ainda a diferença entre o REDS e o PC/Net. ‘’ O PC/net é o registro dos procedimentos que a Polícia Judiciária faz, e a diferença entre REDS e Pc/Net é muito grande. O REDS é um registro de ocorrência da Polícia Militar, Bombeiros e Polícia Civil, o PC/Net é um banco de informações, um banco de procedimentos que a Polícia  fazia em papel, agora passará a ser feito de forma virtual.’’ disse.

A delegada Eliete ressalta que o curso é de extrema importância para a Polícia Civil, por vários aspectos. ‘’Os delegados das unidades vão ter que verificar as ocorrências policiais e dar o aceite através do sistema, além da desburocratização dos serviços  como o BIP (Boletim de Informação Policial) que tinha que ser encaminhado para o Instituto de Identificação em Belo Horizonte, entre outros procedimentos” explica a delegada. Segundo ela, Sete Lagoas é Piloto no Pcnet  já em funcionamento nos serviços de infrações de trânsito e de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) há dois anos. Os equipamentos para implantação do Reds Pcnet já começaram a chegar na delegacia regional em Sete Lagoas.
O coordenador do sistema PC/Net e delegado da Coordenação Geral de Segurança, Willian Neroy, diz que os benefícios desse curso são voltados não só para a Polícia Civil, como também para a sociedade. ‘’ Inicialmente digo para a sociedade, é que o ganho de toda a informação entra para o banco de dados eletrônico,  é uma informação que não se perde em momento algum. Posso dizer que o sistema que estamos trazendo padroniza os procedimentos da polícia, tudo que é feito dentro de uma delegacia vai ter um padrão e tudo será feito no sistema.’’- disse.

Willian conclui ainda que o sistema PC/Net é de suma importância para vários procedimentos. ‘’ Nós estaremos gerando informações, infinitas informações para o banco de dados para poder servir para nós mesmos na área de inteligência, então o sistema hoje vem como um grande elemento pra poder agregar as ações de Polícia Civil’’- conclui.

Subcategorias

Links patrocinados