Menu

STF nega habeas corpus para Antônio Palocci

Por 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou o habeas corpus de Antonio Palocci, preso preventivamente desde setembro de 2016 após ser condenado pela Operação Lava Jato por corrupção e lavagem dinheiro. A questão foi analisada em seu "ofício" na sessão desta quinta-feira (11).

Foto: Reprodução vídeo / TV JustiçaFoto: Reprodução vídeo / TV Justiça

Isso acontece quando a Corte decide não conhecer o habeascorpus por problemas técnicos, mas entende que é necessário, mesmo assim, enfrentar o mérito do processo.

Havia expectativa de que um pedido de liminar que poderia beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, fosse levado à mesa, mas o ministro Marco Aurélio Mello decidiu na noite de terça suspender a tramitação do pedido por cinco dias. A solicitação de análise da liminar veio do Partido Ecológico Nacional (PEN), que quer barrar a possibilidade de prisão depois de condenação em segunda instância.

Com isso, a definição sobre o futuro do ex-presidente fica adiada. A defesa de Lula tem na nova análise sobre o tema uma esperança de tirar o político da prisão, onde o ex-presidente está desde o sábado, 7.

Da redação com Agência Estado




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados