Menu

Regimento Interno cumpre promessa e deixa reuniões atrativas

Aprovado a pouco mais de três meses, o novo Regimento Interno da Câmara Municipal cumpriu um dos seus principais objetivos que era o de tornar as Reuniões Ordinárias mais atrativas e interessantes para quem acompanha. Tudo isso sem afetar a produtividade do trabalho dos vereadores. O Regimento não sofria alteração desde 2005. Com a implementação das mudanças as sessões ficaram mais dinâmicas.

Foto: Ascom CMSLFoto: Ascom CMSL

Entre as modificações mais perceptíveis a alteração no rito das Reuniões Ordinárias é a que chama mais a atenção. Desde que foi atualizado não há mais leitura de Requerimentos e Pedidos de Providências que são publicados no Diário Oficial do Legislativo. Secretários e autoridades convidadas para prestarem esclarecimentos agora tem uma reunião específica para ocuparem a tribuna, não mais durante as Reuniões Ordinárias.

A Mesa Diretora da Câmara foi quem propôs as mudanças e justifica que as alterações “corrigem distorções existentes no Regimento e tornam mais dinâmica a reunião”. A gestão entende que o objetivo maior das reuniões, que é discutir os problemas da população, por meio de votações, era preterido por questões burocráticos como a leitura de requerimentos e pedidos de providência.

Ângela de Fátima é do Observatório Social e acompanha, toda semana, as Reuniões Ordinárias. Ela entende que “ficou bem melhor porque antes lia-se todos aqueles pedidos e era bem cansativo, a pessoa perdia o foco daquilo que era apresentado. Hoje está nem mais ágil, muito mais fácil de ser acompanhar.

Opinião

Autora do projeto de mudança no Regimento Interno, a Mesa Diretora comenta as mudanças três messes depois.

Caramelo (Presidente): Foi uma das nossas propostas quando decidimos concorrer à presidência. Me sinto bastante realizado em ver que alcançamos o objetivo. Primeiro, em conseguir construir junto aos vereadores a aprovação do texto e também em constatar a eficiência do novo Regimento Interno. As Reuniões estão interessantes para quem assiste e produtiva para os vereadores.

Marli de Luquinha (1ª Secretária): As reuniões se tornaram mais produtivas, ágeis e eficazes. O vereador tem mais oportunidade de desenvolver o seu trabalho. A gente não diminuiu o número de requerimentos, muito pelo contrário, aumentamos.

Dr. Euro (2° Secretário): Na reunião a gente lia todos os Requerimentos e Pedidos de Providência. E quando chegava na hora principal que era das votações, na hora do conteúdo, as pessoas já estavam extremamente cansadas.

Pr. Alcides (1° Vice-presidente): Estou no meu terceiro mandato e era um sonho nosso que o Regimento fosse alterado para que tivéssemos uma reunião mais produtiva. Hoje não está tão extensa, mas não perdeu em conteúdo. A dinâmica melhorou.

Renato Gomes (2° Vice-presidente): O processo de dinamizar as reuniões incentiva as pessoas que estão no Plenário a participarem mais, ter mais vontade de assistir. E também quem está em casa e assiste pela TV Câmara. Foi um avanço da Mesa Diretora e de todos os vereadores.

Com Ascom CMSL




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados