Menu

Dos candidatos a prefeito de Sete Lagoas, apenas Canabrava e Caramelo prestaram contas ao TSE

Dos seis candidatos inscritos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que estavam concorrendo ao posto de prefeito de Sete Lagoas nas Eleições Suplementares que foram canceladas, apenas dois realizaram, até o momento, prestação de contas da campanha. São eles Claudio Caramelo e Ronaldo Canabrava.

Até o momento, apenas Caramelo e Canabrava prestaram conta dos gastos de suas campanhas eleitorais./ Foto: ReproduçãoAté o momento, apenas Caramelo e Canabrava prestaram conta dos gastos de suas campanhas eleitorais./ Foto: Reprodução

Caramelo

O até então prefeito interino de Sete Lagoas, Claudio Caramelo, dispunha de um total de R$ 350.310,00, do qual foram gastos R$ 341.245,96.

Segundo a concentração de despesas informada, a maior parte dos gastos, quase 50%, foi realizada com atividades de militância e mobilização de rua. O restante ficou dividido entre publicidade, transporte e demais necessidades de campanha (confira clicando aqui).

Foto: TSE/ReproduçãoFoto: TSE/Reprodução

Canabrava

Ronaldo Canabrava tinha ao dispor de sua campanha o montante de R$ 17.600,00, do qual R$ 16.446,82 foram utilizados.

Pouco mais de 40% do valor informado foi gasto com publicidade de materiais impressos. Outros quase 32% foram destinados às correspondências e despesas postais. O restante foi usado para as demais necessidades de campanha (confira clicando aqui).

Foto: TSE/ReproduçãoFoto: TSE/Reprodução

Prestação de contas

A prestação do dinheiro usado em campanhas é, segundo o TSE, “uma medida que garante a transparência e a legitimidade da atuação partidária no processo eleitoral”.

Da Redação




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados