Menu

Sete Lagoas > Notícias > Região

Período de chuvas exige cautela nas estradas mineiras

  • Categoria: Minas
Período de chuvas exige cautela nas estradas mineiras. Com o objetivo de minimizar os impactos causados pelo período chuvoso nas rodovias mineiras, a Secretaria de Transportes e Obras Públicas, através do Departamento de Estradas e Rodagens (DER/MG) disponibiliza informações sobre as condições das rodovias mineiras, por meio do site www.der.mg.gov.br, link Situação Malha Rodoviária.

 
Até o final da tarde desta quinta-feira (18), 41 trechos da malha rodoviária estadual encontram-se com eventuais danos causados pela chuva. Quatros trechos estão com tráfego interrompidos: LMG 840 – Senador Firmino / Brás Pires, Km 15,2; LMG-860 – Guarani / Descoberto, KM1; MGC 265 – entrada BR 116/356 Muriaé / Mirai, Km 6; MGC-367 – Virgem da Lapa / Berito, Km 348,4. Já os trechos interditados são: MG-220 – Santo Hipólito / BR-135, Km 97,7; MG 350 – Pouso Alto / Virgínia, Km 2 e MG-442 –entrada BR 040 / Belo Vale, Km 7,8.

Além disso, erosão e rompimento de aterro, problemas estruturais, avarias na estrutura e rompimento de vigas de madeiras estão entre os danos causados pela forte chuva em Minas nos últimos dias.

De acordo com o diretor-geral do DER, José Elcio Monteze, com o aumento das chuvas, o número de interrupções nas rodovias crescem, como é o caso da MG-040 Bonfim/Brumadinho, onde houve alagamento. “Neste momento, todos os esforços estão sendo feitos para amenizar as ocorrências nas rodovias, mas vale ressaltar que precisamos esperar a chuva cessar para dar continuidade aos trabalhos de recuperação e manutenção”, falou.

Outra região castigada pelas chuvas é a Zona da Mata, nas rodovias sob jurisdição da 5ª Coordenadoria do DER Ubá. Atualmente, 12 trechos encontram-se em condições precárias devido o acúmulo de água. Destes, três trechos são considerados mais críticos pelos técnicos do DER: MG-353, entre Piraúba / Guarani, Km11 e AMG-0515, Santana de Cataguases, onde houve rompimento de aterro com abatimento da pista com o trafego operando em meia pista. Na LMG-860, Km 1, Guarani/Descoberto, o trafego está interrompido, causado pela queda de barreira.

Segundo Noman, “para recuperação e melhoria das rodovias sob jurisdição da 5ª CRG, a previsão para o próximo ano é investir na região através do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária de Minas Gerais (ProMG)”. “Desejávamos ter a licitação para a recuperação e manutenção permanentes das rodovias da Regional de Ubá concluída. Infelizmente não foi possível”, disse.
 
AGÊNCIA MINAS

Links patrocinados