Menu

Até quando atividade física é saudável? / Coluna / Rodrigo Paiva

Se alguém me falasse que o objetivo é chegar bem aos 80, 90, 100 anos de idade, eu não daria o conselho para correr 12,5 km na montanha e pedalar mais que 2h em um ritmo forte. Organicamente, fisiologicamente e metabolicamente falando, isso não é saudável (ainda mais se considerarmos o desgaste das articulações; já operei o joelho há 15 anos; tenho certeza que esses volumes feitos constantemente, diminuem a vida útil das cartilagens e ligamentos). Até a imunidade diminui quando exageramos na atividade física. A produção de radicais livres aumenta bastante após um certo limite de intensidade de esforço físico, o que pode acelerar o processo de envelhecimento do corpo. Muita gente até fala assim: "você conhece atleta que vive muito?" Isso tem uma parcial razão sim.

Rodrigo Paiva - Foto: DivulgaçãoRodrigo Paiva - Foto: Divulgação

Então, meu conselho para quem quer viver e chegar bem além dos 80 anos seria moderação na atividade física. Uma musculação bem orientada 2x por semana + 3x de um aeróbio de moderada intensidade com 45 min de duração é suficiente. Não precisa fazer mais que isso chegando perto do seu limite máximo.

Porém existe o segundo lado. O lado do PRAZER! O lado da SUPERAÇÃO. O lado do desafio, da conquista, o lado das memórias que ficam para o resto da vida. Será que elas fazem tão bem que isso tudo vale a pena? Se desafie e descubra a sua resposta.



Rodrigo Paiva é graduado em Nutrição e Educação Física, pós-graduado em Fisiologia e autor do livro "As verdades que você precisa saber", lançado em 2013.




Publicidade

Links patrocinados