;
Menu

Sete Lagoas > Notícias > Cidades

Doze municípios da região passam a fazer parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro

  • Categoria: Cidades

Foram encerradas no início do mês as inscrições para a inclusão de 12 municípios da região das Grutas na nova versão do Mapa do Turismo Brasileiro, válida para o biênio 2018/2019. O Mapa é um instrumento criado pelo Ministério do Turismo para destacar municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e nortear a definição de políticas públicas para o setor.

Três reuniões microrregionais foram realizadas como estratégia de nivelamento de informações sobre as políticas de regionalização do setor / Foto: DivulgaçãoTrês reuniões microrregionais foram realizadas como estratégia de nivelamento de informações sobre as políticas de regionalização do setor / Foto: Divulgação

O trabalho de inclusão de municípios da região foi realizado pelo Circuito das Grutas. "Trata-se de um incentivo para que as microrregiões se associem e se auto-desenvolvam, além de facilitar a participação em licitações, editais e programas dos governos Federal e Estadual relacionados ao Turismo", explica a presidente do Circuito das Grutas, Adriana Ferreira.

Mas não basta apenas a inscrição. De acordo com Adriana, é preciso que o município tenha um Conselho, Diretoria ou Secretaria dedicada ao Turismo, incluindo orçamento municipal para o setor e fazer parte de um circuito turístico. "Somente esses municípios poderão participar dos programas governamentais recebendo verbas como o ICMS Turístico", aponta Adriana. Para a atualização do Mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todos os Estados do país em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais de Turismo.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O Circuito das Grutas vem, nos últimos anos, realizando esse trabalho de inclusão de municípios no Mapa que passaram de sete (Caetanópolis, Cordisburgo, Jequitibá, Lagoa Santa, Paraopeba, Pedro Leopoldo e Sete Lagoas) na atual versão do Mapa, para 12 este ano. Passam, portanto, a fazer parte também os municípios de Inhaúma, Funilândia, Capim Branco, Vespasiano e Baldim. Para isso, foram realizadas três reuniões microrregionais como estratégia de nivelamento de informações sobre as políticas de regionalização do setor. Os municípios aguardam agora a validação para confirmar se todos atenderam aos critérios do Ministério do Turismo. 

Boa prática

O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento de gestão para orientar no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas.


Da Redação com Ascom Circuito das Grutas

Ônibus da APAE continua parado por falta de combustível

  • Categoria: Cidades

Desde fevereiro deste ano, o ônibus da Prefeitura Municipal de Sete Lagoas que faz o transporte de alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) não está rodando, por falta de combustível.

Ônibus que transporta alunos da APAE não está rodando por falta de combustível / Foto: SeteLagoas.com.brÔnibus que transporta alunos da APAE não está rodando por falta de combustível / Foto: SeteLagoas.com.br

Segundo o diretor financeiro da APAE, Jânio dos Santos, a prefeitura destinou o veículo para o transporte, mas a associação ficou de arcar com as despesas, dentre elas o combustível. Jânio informou que, quando assumiu a direção financeira em janeiro, a dívida da unidade com postos de combustíveis já estava em torno de R$ 9 mil e, por isso, foi preciso parar o serviço. “Em 2017, nós queremos só fazer o que a gente tem condição financeira e física para fazer”, revelou Jânio.

A diretora da APAE, Angela Maria dos Santos Mafra, explicou que a associação não é obrigada a oferecer o transporte escolar, mas reconhece a importância desse serviço para os alunos e que está correndo atrás para que o ônibus volte a rodar.

Em março deste ano, o prefeito Leone Maciel autorizou um incremento de R$ 15 mil no repasse do município para a associação. Em abril, foi realizada na Câmara Municipal uma Audiência Pública, abordando a situação da unidade (relembre aqui).


Da Redação