Menu

Implantação da placa Mercosul é suspensa em Minas até o próximo governo

A Polícia Civil de Minas Gerais informou, nesta sexta-feira (14), que a implantação da placa veicular do Mercosul está suspensa no estado. Esta é a quinta alteração do prazo no estado.

Placas com padrão Mercosul começaram a ser instaladas no Rio de Janeiro — Foto: TV GloboPlacas com padrão Mercosul começaram a ser instaladas no Rio de Janeiro — Foto: TV Globo

O governo chegou a publicar no Diário Oficial de Minas Gerais que o prazo para implantação das placas havia sido transferido para o dia 17 de dezembro deste ano. O padrão já é usado na Argentina e no Uruguai.

A polícia, que é responsável pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), informou que o novo adiamento foi decidido paradeixar que o governador eleito Romeu Zema (Novo) decida quais órgãos serão responsáveis pelo processo de implantação e fiscalização das placas da Mercosul.

A assessoria de Zema informou que o governador eleito “só vai se pronunciar após assumir o cargo e ser informado das pendências que ficaram do governo anterior”. Zema toma posse no dia 1º de janeiro de 2019.

Quem precisa trocar

O novo padrão só precisa ser adotado para o primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso da troca de município ou propriedade.

A mudança foi anunciada em 2014, deveria ter entrado em vigor por aqui em janeiro de 2016, foi adiada para 2017 e depois por tempo indeterminado. Uma disputa judicial chegou a interromper a obrigatoriedade, mas o governo recorreu e retomou os emplacamentos.

Os últimos capítulos envolveram uma autorização para a redução do tamanho caso as placas não se encaixem nos locais determinados nos veículos e a retirada dos símbolos de identificação de estado e município.

Da redação com G1 MG

 




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados