;
Menu

Álvaro Vilaça

Coluna / Tempo Esportivo / Ano promissor vai se confirmando dentro de campo

A derrota por 2 a 1 para o São Paulo na semana passada, em jogo válido pela quarta fase da Copa do Brasil, custou ao Cruzeiro o fim de uma invencibilidade de 22 jogos na temporada de 2017. O time mineiro era o único integrante da Série A que ainda não havia perdido neste ano. Dividia com o Vitória da Bahia o melhor índice de aproveitamento dentre todos os clubes das 04 divisões de futebol profissional no País.

Foto: ESPN Foto: ESPN

Apesar do primeiro revés no ano revés, o tropeço no Mineirão não evitou que o time se classificasse para as oitavas de final da Copa do Brasil. Além disso, a sequência de partidas sem perder rendeu à equipe uma marca que não era alcançada há mais de dez anos: Além da vitória por 3 a 2 diante do Corinthians, pela última rodada do Brasileirão de 2016, o Cruzeiro passou 21 jogos sem perder em 2017.

Até a derrota para o São Paulo no Mineirão, a Raposa já havia vencido outras 16 partidas e empatado as outras cinco. O total de 22 jogos sem perder só não foi superior à sequência de compromissos em 2002 e 2003, ano da conquista da Tríplice Coroa. Naquela ocasião, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo ficou invicta por incríveis 34 jogos, triunfando em 27 e empatando outros sete. Nem mesmo a recente conquista do bicampeonato brasileiro contou com uma invencibilidade tão boa.

Em 2013, o time de Marcelo Oliveira ficou 14 jogos sem perder, mesma quantidade alcançada na temporada seguinte. Já nas temporadas de 2009 e 2011, a maior sequência invicta foi de 18 e 17 partidas, respectivamente. Os comandados de Mano Menezes têm conseguido alcançar praticamente todos os objetivos em 2017: Classificados para as oitavas de final da Copa do Brasil, primeiro lugar da fase inicial da Copa da Primeira Liga e a um empate de avançar na Copa Sul-Americana, o time só não conseguiu terminar a primeira etapa do Campeonato Mineiro em primeiro lugar O desempenho em 2017 está entre os melhores da história recente do clube. 

Tempo Esportivo 
No início do ano de 2012 o Atlético assinou um contrato com a BWA, empresa vencedora da licitação para administrar o Estádio Independência, para que o clube se tornasse sócio comercial da concessionária na sua exploração. Passados cinco anos, em nenhum balanço financeiro do Atlético foi apresentado lucro dessa operação. Em campo é inegável que a parceria deu resultado. São 103 vitórias do Atlético no Horto e somente 15 derrotas, em 150 partidas.

Atlético poderá utilizar o Estádio Independência na segunda partida da final do Campeonato Mineiro / Foto: DivulgaçãoAtlético poderá utilizar o Estádio Independência na segunda partida da final do Campeonato Mineiro / Foto: Divulgação

Números que fizeram a equipe alvinegra se tornar um dos mandantes mais eficientes nas últimas cinco edições do Campeonato Brasileiro. No entanto, financeiramente, o Atlético ainda não teve lucro na exploração do estádio. Conta essa em que não entra a venda de ingressos para dias de jogos, afinal são coisas diferentes. Informação que consta no balanço financeiro doAtlético, referente ao ano de 2016, que foi avaliado pelo conselho deliberativo do clube na última segunda-feira.

Assim como nos anos anteriores, o balanço informa apenas que não foi apurado resultado positivo, mas sem informar se o clube teve prejuízo ou se a arrecadação do Independência foi suficiente para bancar os custos do estádio. Outra informação que não está disponível no balanço é o investimento feito pelo Atlético desde 2012.

Para assinar com a BWA e ter participação na exploração do estádio, o clube gastou cerca de R$ 8 milhões, que foram usados em algumas reformas no local. Nessa conta entra o que a LuArenas fatura com a exploração do estádio, seja em dias de jogos, com bares e publicidade no telão, por exemplo, ou em outros eventos que acontecem no Independência.  

Assim como os gastos para manutenção do equipamento e os repasses mensais que precisam ser feitos ao América, proprietário do estádio, e ao governo de Minas Gerais, que custeou a reconstrução do Independência. Já a bilheteira é toda do Atlético. Em 2016 o clube alvinegro atuou em 27 oportunidades no Horto.  

Com uma média de 14.783 pagantes, a arrecadação bruta com ingressos vendidos para os jogos no Independência foi pouco mais de R$ 17 milhões. O jogo com o São Paulo, pelas quartas de final da Libertadores, foi o com maior renda e maior público no estádio no ano passado. O Atlético venceu o São Paulo por 2 a 1, mas não avançou no torneio não avançou no torneio continental (perdeu o jogo de ida, no Morumbi, por 1 a 0), diante de 21.337 pagantes. A renda foi de R$ 2.016.530,00. Inclusive, esse jogo com o São Paulo aparece na quarta colocação na lista dos maiores públicos do Independência e na terceira posição no ranking de maiores bilheterias do estádio.  

Toda essa análise é perfeitamente válida numa semana que antecede a grande decisão do Campeonato Mineiro. Desde 2014 Atlético e Cruzeiro não se enfrentam na fase decisiva. Como fez melhor campanha na primeira fase, o Atlético irá decidir onde vai acontecer o segundo jogo, previsto para o dia 07 de maio.  

Novamente o assunto será pauta de grande parte dos veículos de comunicação esportiva do estado e o velho questionamento será feito por todos: Onde vai jogar o Atlético? No Mineirão, local onde a renda poderá ser o triplo em comparação com a arrecadação no Horto? Ou manterá a decisão para o Independência, onde a capacidade de público é três vezes menor do que no Mineirão, mas que, do ponto de vista técnico, o Atlético tem se tornado praticamente imbatível ao longo dos últimos anos? Com a palavra, o presidente da instituição, Daniel Nepomuceno!  

Copa João da Cunha já tem os classificados para a próxima fase  
Nove partidas fecharam a fase inicial da Copa João da Cunha de Futebol Amador, em sua 18ª edição. O destaque, mais uma vez, ficou para o Uberaba, que venceu o Santa Cruz por 1 x 0, conquistou a 5ª vitória seguida e terminou a primeira etapa como time de melhor campanha, com 15 pontos e 100% de aproveitamento.

Foto: Copa João da Cunha Foto: Copa João da Cunha

Os resultados do final de semana foram os seguintes:

Sábado, 22 de abril:
Campo do Eucalipal:
Uberaba 1 x 0 Santa Cruz / FP Rações
Domingo, 23 de abril:
Campo do Eucalipal:
Garimpeiro 3x 0 Brothers
Fafc1 x 3 Bosque
União Brejinho 3x 0 Bela Vista

Campo do Interlagoas:
Arizona 2x 10 Set
Máfia Azul 2x 4 Criciúma
Turi3x 1Tchê Garotos

Campo do Curitiba:
ABC Celulares 2x 4 Carroceria Celeste
Chape 6x 3 União Amigos

OBS.: A partida entre Pinheiros e Grêmio Alkaeda não foi realizada porque o Pinheiros abandonou a competição.
A classificação atualizada do campeonato, faltando uma rodada para o encerramento da primeira fase é a seguinte:
Chave A:
1º Uberaba: 15 pontos
2º União Brejinho: 12 pontos
3º Garimpeiro: 10 pontos
4º FAFC: 09 pontos.
5º Pinheiros: 00 ponto

Chave B:
1º Tiradentes: 12 pontos
2º Chape: 11 pontos
3º Turi e ABC Celulares: 09 pontos
5º Máfia Azul: 06 pontos

Chave C:
1º Santa Cruz: 12 pontos
2º Bosque: 07 pontos
3º Bela Vista e Brothers: 03 pontos
5º Grêmio Alkaeda: 00 ponto

Chave D:
1º Carroceira Celeste: 11 pontos
2º União Amigos: 07 pontos
3º Criciúma: 04 pontos
4º Tchê Garotos: 01 ponto
5º Arizona: 00 ponto

Os 16 classificados para a fase eliminatória foram os seguintes times:
Chave A: Uberaba, União Brejinho, Garimpeiro e FAFC.
Chave B: Tiradentes (SET), Chape, Turi e ABC Celulares.
Chave C: Santa Cruz, Bosque, Bela Vista e Brothers.
Chave D: Carroceria Celeste, União Amigos, Criciúma e Tchê Garotos.

Ao todo, 20 equipes disputaram o certame desde a primeira fase. Na primeira rodada foram assinalados 33 gols em 10 jogos, o que propiciou uma média de 3,3 gols por partida.Após a segunda rodada, a média de gols subiu, pois foram assinalados 38 tentos em 10 confrontos, gerando uma média de 3,8 gols por partida. A terceira rodada registrou recorde de gols marcados.

Em 10 partidas foram 47, o que propiciou uma média de 4,7 gols por jogo. Nesta quarta rodada foram assinalados 42 gols em 09 jogos, média de 4,66 gols por jogo. Portanto, já foram assinalados 160 gols em 39 jogos e a média alcançou o ótimo patamar de 4,10 gols por partida.

A rodada final foi composta por novo confrontos e teve a maior média de gols da primeira fase. Os 48 gols assinalados proporcionaram uma média de 5,33 gols por jogo. Sendo assim, ao fim da fase classificatória foram registrados 208 gols em 48 confrontos, o que resultou numa ótima média de 4,33 tentos por partida.

Seguem os confrontos das oitavas de final:
Sábado, 29 de abril:
Campo do Eucalipal:
14:00 – Carroceria Celeste x Turi
16:00 – Uberaba x Tchê Garotos
Domingo, 30 de abril:
Campo do Eucalipal:
08:45 – Tiradentes x Bela Vista
10:30 – Santa Cruz x FAFC
13:30 – União Brejinho x Criciúma

As outras partidas serão realizadas no dia 07 de maio no Campo do Eucalipal:
08:45 – Chape x Brothers
10:30 – Bosque x Garimpeiro
13:00 – União Amigos x ABC Celulares

Tudo pronto para a final da Copa Cortez de Futebol Society 
Um torneio que promete entrar definitivamente para o calendário esportivo de Sete Lagoas e região. A Copa Cortez de Futebol Societytme sido um grande sucesso em termos de presença de público, bons jogos, shows musicais e confraternização de amigos e familiares diversos.  

O comentarista da TV Sete Lagoas, Ildeu Fonseca, tem sido uma das atrações nas transmissões dos jogos da Copa Cortez de Futebol Society / Foto: DivulgaçãoO comentarista da TV Sete Lagoas, Ildeu Fonseca, tem sido uma das atrações nas transmissões dos jogos da Copa Cortez de Futebol Society / Foto: Divulgação

Após o encerramento da fase classificatória os coordenadores do torneio decidiram por fazer as partidas finais, que irão englobar a decisão do título e do terceiro lugar neste final de semana, dia 30 de abril, apesar do feriado na próxima segunda-feira (1º de maio – Dia do Trabalhador).

O destaque da primeira fase ficou por conta do time da Gellak, que venceu as três partidas e encerrou a sua participação com 100% de aproveitamento.O adversário da Gellak na decisão será o time anfitrião do torneio, o Torneamento Cortez. Robston Imóveis e Razena decidirão o terceiro lugar.

A classificação final da primeira fase do campeonato ficou assim:
1ºGellak: 06 pontos
2º Torneamento Cortez: 04 pontos
3º Razena: 02 pontos
4º Robston Imóveis: 00 ponto

Veja a programação para a rodada de encerramento do torneio, no domingo, dia 30:
08:15 – Robston Imóveis x Razena (decisão do terceiro lugar)
09:15 – Futebol Feminino
10:15 – Torneamento Cortez x Gellak (decisão do título)

A TV Sete Lagoas (canal 09 NET – www.setenews.com.br) está filmando os jogos, fazendo várias entrevistas e exibindo os melhores momentos às quartas-feiras no programa Tempo Esportivo, que vai ao ar na emissora diariamente, às 11 da manhã e às 07 da noite.

Patrocinense e Betinense se aproximam da elite estadual 
Está encerrado o primeiro turno do Hexagonal Final do Módulo II do Campeonato Mineiro. A competição vai apontar duas equipes para a divisão de elite do futebol estadual em 2018. No último sábado, três partidas completaram a quinta rodada da etapa decisiva e os mandantes levaram a melhor em todos os confrontos.

Equipe do Betinense / Foto: Reprodução Facebook FC BetinenseEquipe do Betinense / Foto: Reprodução Facebook FC Betinense

Na Arena da Calçada, em Nova Serrana, o Betinense se recuperou do tropeço na rodada anterior do hexagonal e venceu o Uberaba por 2 a 0. Felipe Caldeira e Júlio Cesar marcaram os gols.

Quem segue firme na ponta da tabela e invicto nesta fase é o Patrocinense. Jogando diante do seu torcedor, no Estádio Júlio Aguiar, a equipe de Patrocínio recebeu o Tupynambás e saiu de campo com mais três pontos na classificação. A vitória por 2 a 1 foi construída com gols de Lucas Kattah e Mário Cesar, para os mandantes, enquanto Thales, já no fim do confronto, descontou para o clube de Juiz de Fora.

Fechando os jogos do fim de semana, o BoaEsporte foi mais um que venceu jogando em seus domínios. O gol solitário da vitória da equipe boveta saiu somente na etapa complementar. Paulo Victorfez o tento que colocou a equipe de Varginha na terceira posição, com oito pontos ganhos.

Faltando cinco rodadas para o encerramento do campeonato, a classificação atualizada é a seguinte:

 


No próximo final de semana será realizada a sexta rodada. Veja os confrontos:
Sábado, 29 de abril:
16:00 – Tupynambás x Patrocinense – Juiz de Fora
18:30 – Uberaba x Betinense – Uberaba
Domingo, 30 de abril:
10:00 – Nacional x Boa Esporte - Muriaé

 





Álvaro Vilaça é formado em Comunicação Social e Marketing, apresentador de TV, narrador e repórter esportivo da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte, Diretor de Programação e Coordenador de Esportes da Rádio Eldorado e do Jornal Hoje Cidade. Também é o responsável pela coluna de Esportes do Jornal Notícia e é professor de Negociação, Compras e Marketing das Faculdades Promove de Sete Lagoas. Pós-Graduado em Administração e Marketing.