Menu

Coluna / Vanessa Stehling / Cultura Pop / Retrospectiva de séries do ano

Final de ano está aí e junto com ele as festas! Sejam elas da firma, de amigos ou da família, a hora é de confraternizar e colocar o papo acumulado do ano em dia. É claro que o assunto “séries” está sempre presente. Porém, está presente a consciência que não foi possível ter tempo suficiente para assistir TODAS que precisaram e muito menos maratonar quando se tem trabalho acumulado e uma porrada de coisas para fazer. Então, decidi resumir algumas das principais que fizeram sucesso neste ano, com muito spoiler para você, caro amigo ocupado, discutir como um expert maratoneiro nas rodinhas.

Foto: ilustrativa / reprodução internetFoto: ilustrativa / reprodução internet

LA CASA DE PAPEL

O QUE É: um homem intitulado “Professor” reúne alguns bandidos para roubar a casa da moeda da Espanha.

O QUE PRECISA SABER: a série foi dividida em duas temporadas, os bandidos sequestram as pessoas que estavam dentro do local do roubo, fabricaram o próprio dinheiro e no final deu tudo certo. A narrativa foi um sucesso e ano que vem tem mais.

O QUE FALAR PARA AS PESSOAS ACREDITAREM QUE VOCÊ É ENTENDIDO NO ASSUNTO: Diga que a série é muito emocionante, que estava torcendo para a delegada descobrir tudo e casar com o professor (a delegada estava tendo um caso com o cabeça do caso durante o processo e não soube de nada) e que acha que na próxima temporada é ela que vai roubar a porra toda.

O MECANISMO

O QUE É: uma série sobre a corrupção política brasileira.

O QUE PRECISA SABER: Selton Mello trabalha nela e os atores fingem que são os políticos brasileiros e você tem que adivinhar quem é quem na vida real.

O QUE FALAR PARA AS PESSOAS ACREDITAREM QUE VOCÊ É ENTENDIDO NO ASSUNTO: Diga que como sempre o Selton Mello teve um trabalho impecável, que você é brasileiro orgulhoso de seu País e dá preferência para séries locais.

SABRINA

O QUE É: uma releitura da clássica série antiga da bruxa Sabrina e suas aventuras.

O QUE PRECISA SABER: mudaram algumas coisas comparado ao original, por exemplo, o gato não fala como o antigo e a pegada é mais dark da série da Netflix, como a personagem passar por um ritual em seu 16º aniversário, onde abraçará eternamente sua persona como bruxa. Nada disso acontecia na sitcom.

O QUE FALAR PARA AS PESSOAS ACREDITAREM QUE VOCÊ É ENTENDIDO NO ASSUNTO: a série original se passou nos anos 90, se você é dessa época e a pessoa não assistiu, já corta o assunto e diga: “assista os dois, compare e depois me fala”. Logo após, bloqueie a pessoa de seus contatos.

 

Poderia listar mais alguns, mas a festa tem que continuar e os assuntos como: futebol, política, pavê ou pacumê... Têm que acontecer.

Um feliz Natal a todos, um excelente ano novo cheio de sucesso e ano que vem tem mais!

Graduada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Rádio e TV. Ilustradora, designer, metida a sinuqueira e telespectadora assídua de séries e filmes em alta velocidade





Links patrocinados