Menu

Sete Lagoas > Notícias > Cidades

Ginásio vira casa de famílias desalojadas

  • Categoria: Cidades
As fortes chuvas de dezembro até a presente data deixaram quatro famílias desalojadas em Sete Lagoas. Moradores de locais de risco, entre elas crianças e até uma recém-nascida, estão vivendo no ginásio Vinício Dias Avelar, no bairro Aeroporto. Em meio à mobília, colchões, fogão e roupas, as famílias vão se virando no suntuoso ginásio enquanto aguardam outra solução da Secretaria Municipal de Justiça Social. A maioria dos desalojados está desempregada e depende de doações para sobreviver. A prefeitura municipal tenta viabilizar novas residências para estas famílias e até o retorno de uma delas – composta por quatro pessoas - para a sua cidade natal, em Felixlândia.

 
A dona-de-casa Rosa Antonia Alves Leocádio está desde o dia 23 de janeiro morando no ginásio. O barracão em que morava no bairro Monte Carlo desabou. Antes disso, foi alertada pelo Corpo de Bombeiros e agentes da Secretaria de Justiça Social, o que possibilitou salvar todos os pertences. Com duas filhas e o marido doente - Jesus Inácio da Silva, 61 anos - espera recomeçar vida nova. “Meu marido está usando uma sonda, não consegue nem fazer suas necessidades fisiológicas, e fica somente deitado. Espera na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) oportunidade para ser operado. Morar aqui é complicado. Lavamos a roupa e a louça nos vestiários do ginásio. Tenho uma irmã que mora na cidade, mas a família lá é grande, o que impossibilita ir viver com ela”, conta.

Drama também é vivido por Denise Costa Ventura, 21 anos. Desde dezembro mora com as três filhas no ginásio, entre elas uma recém-nascida de apenas dois meses de vida. O companheiro, Cleiton Luiz de Freitas, 23, está há menos de um mês trabalhando, em regime probatório. “Morávamos em um barracão no Bairro Kwait, próximo à ponte, que corria o risco de desabar, o que acabou não acontecendo. Sou de São Paulo, não tenho familiares em Minas Gerais. O meu marido é daqui de Sete Lagoas, mas seus pais já faleceram. Estamos sozinhos esperando uma solução”, relata. Assim como as outras famílias, conta com doações, principalmente de fraldas e alimentos.

Já Maria Rosália Dias Gomes, 45, espera voltar para sua cidade natal, o município de Felixlândia, com as três filhas. Divorciada, ela aguarda que a prefeitura agilize a mudança, como foi prometido. Procurada pela reportagem, a secretária de Justiça Social, Léa Lúcia Cecílio Braga, conta que vai autorizar em breve a mudança da família para sua cidade de origem. Em relação aos demais moradores do ginásio, afirma que estuda a possibilidade de alugar de forma temporária imóveis para os desalojados. “Algumas residências localizadas em locais de risco não apresentam condições de serem reformadas. Estudamos a possibilidade de inserir estas famílias no programa de casas populares do município. Até lá, vamos ajudar com cestas básicas, roupas e medicamentos”, afirma a secretária.

O comandante da Companhia de Bombeiros de Sete Lagoas, capitão Marco Aurélio dos Santos, conta que os efeitos das chuvas na cidade até agora tem sido amenos, inclusive as que caíram nos últimos dias. Segundo ele, não houveram ocorrências mais graves no município. “Aqui a situação é bem mais tranqüila. É uma cidade pouco montanhosa e inexistem rios no perímetro urbano. Os bairros que preocupam são Itapuã, JK, Emília e Bela Vista, já que as casas estão, na maior parte, localizadas próximas a encostas e córregos”, explica. Segundo ele, o trabalho dos oficiais da corporação é contínuo no sentido de retirar famílias residentes em áreas de risco.
 
Da redação - Sete Dias
Celso Martinelli

Iron Maiden se apresenta em Belo Horizonte pela primeira vez

  • Categoria: Cidades
Iron Maiden se apresenta em Belo Horizonte pela primeira vez. Confira as últimas informações sobre o show em Minas.
 
Serviço
Show do Iron Maiden, turnê Somewhere Back in Time
Data: 18 de março, quarta-feira, às 21h
Local: Mineirinho – avenida Abraão Caram, 1000, Pampulha
Censura: 16 anos

Valor dos ingressos:
Arquibancada: R$ 200,00 (inteira) / R$ 100,00 (meia-entrada conforme a lei)
Pista: R$ 300,00 (inteira) / R$ 150,00 (meia-entrada conforme a lei)
Pista Premium: R$ 500,00 (inteira) / R$ 250,00 (meia-entrada conforme a lei)
 
Venda dos ingressos:
Bilheteria do Mineirinho (Avenida Antônio Abrahão Caram nº1000 – Pampulha)
Segunda à sexta, das 13h às 19h e sábado, de 9h às 13h.
Site: http://www.livepass.com.br
Blog: www.ironmaidenbh2009.blogspot.com/
 
Em 2008, na sua última passagem pelo Brasil, Bruce Dickinson e sua trupe prometeram retornar ao País em um ano, com show especial em lugares nunca antes visitados. Dito e feito! A banda está de volta com a turnê Somewhere Back In Time e toda a produção das apresentações internacionais. Dessa vez, os fãs mineiros não precisarão viajar para conferir o espetáculo, pois Belo Horizonte receberá o maior grupo de heavy metal do mundo, 18 de março, no Mineirinho, às 21h.

“Daremos tudo de nós para que os encontros com nossos fãs sejam inesquecíveis!” É com essa frase que o baixista e fundador da banda, Steve Harris, descreve a volta do Iron ao Brasil. Os belo-horizontinos assistirão a um show completo com direito ao mascote Eddie (zumbi maligno, símbolo do grupo em todos os discos), hienas, gatos, numerosos panos de fundo, demônios e toneladas de pirotecnias. O set list da turnê foi alterado para que o público tenha surpresas. “Como não estivemos no Brasil no início de nossa carreira, acho que os fãs gostarão de ouvir ao vivo músicas dos nossos primeiros álbuns”, comenta o baixista.

 
O Iron Maiden chega para fazer história em terras brasileiras. É a primeira vez que a banda realiza seis apresentações no País. Eles retornam a São Paulo pelo segundo ano consecutivo, voltam ao Rio de Janeiro depois do seu último show em 2004 e tocam pela primeira vez em Belo Horizonte, Manaus, Recife e Brasília. “É uma honra voltarmos a tocar no Brasil tão rapidamente. Tudo isso será uma maneira fantástica de complementar o incrível ano de 2008, antes que possamos parar um pouco para gravar novo álbum de estúdio”, comemora Bruce Dickinson.

A capital mineira também irá receber o famoso avião do grupo, batizado por um fã como Ed Force One. O boeing 757, customizado especialmente para o Iron Maiden, é pilotado pelo vocalista, que também é capitão da Astraeus Airlines. “Dirigir o Ed Force One por todo o planeta e tocar para nossos fãs em tantos países diferentes é uma experiência incrível. Pilotar e me apresentar no palco são as coisas mais desafiadoras e gratificantes que já fiz”, conta Bruce.

Nos intervalos entre as turnês, o Ed Force One foi cedido para levar para casa tropas que estavam em serviço no Afeganistão e turistas ingleses que ficaram sem voos na Espanha, Egito, Grécia e Caribe, após a falência da companhia aérea XL – uma das maiores da Grã-Bretanha. Em todos esses momentos, o frontman comandou as operações aéreas.

Nesta quarta etapa da turnê, o grupo passará por 13 países e 21 cidades. No total, o Ed Force One irá percorrer 80 mil quilômetros ao redor do planeta, o que equivale a cerca de duas voltas na Terra. Na lista, países como Emirados Árabes, Sérvia, Costa Rica e México.
 

Da redação

Links patrocinados