Menu

Sete Lagoas > Notícias > Política

No Dia Mundial sem Carro, ministro defende melhorias na infra-estrutura urbana

No Dia Mundial sem Carro, o ministro das Cidades, Marcio Fortes, disse que é preciso melhorar a infra-estrutura dos centros urbanos para incentivar a população a deixar o automóvel em casa e utilizar o transporte público coletivo.
O objetivo da data é estimular as pessoas a usarem outros meios de transporte em vez de carros, desafogando o trânsito nas grandes cidades.
“Tem que investir em corredores exclusivos, vias expressas para que o metrô de superfície ou o ônibus possa se deslocar rapidamente para o centro da cidade”, defendeu Fortes durante a abertura do seminário Jornada na Cidade sem meu Carro, promovido pelo ministério.
Ele também destacou que é necessário adotar medidas complementares, como projetar espaços para que as pessoas possam deixar a bicicleta enquanto estão no trabalho.
Para marcar a data, além de participar do evento, Marcio Fortes percorreu de bicicleta o trajeto entre o Museu da República em Brasília e o Ministério das Cidades.
Segundo o ministro, a meta nos centros urbanos deve ser priorizar o transporte coletivo e criar uma rede que integre o transporte público e o individual – de preferência o não-motorizado.
Fortes afirmou que a questão do pedágio urbano ainda não está sendo discutida pelo governo. No entanto, de acordo com ele, caso a medida venha a ser adotada, as diretrizes serão dadas pelo governo federal, mas a execução vai depender de cada prefeitura.
O movimento Dia Mundial sem Carro surgiu na Europa e percorreu o mundo chamando a atenção para os prejuízos causados pelo aumento do uso de automóveis, como danos ao meio ambiente e perda da qualidade de vida.

 
AGÊNCIA BRASIL