Menu

Brigada de incêndio da Serra de Santa Helena alerta a população sobre o uso de linha chilena e cerol

Nesse domingo (28), um ciclista, durante passeio pela Serra de Santa Helena, quase sofreu um acidente. Isso porque, pelo caminho, ele encontrou restos de linha usada para soltar pipa. O material acabou enroscando nas rodas de sua bicicleta.

Foto: Reprodução/Redes sociaisFoto: Reprodução/Redes sociais

De acordo com o brigadista Anderson Favorito, o ciclista contou que estava pedalando pela Serra em direção às antenas e, quando se deu conta, percebeu que havia grande quantidade de linha atravessada pela estrada. Segundo Favorito, diante do acontecido, um alerta à população é necessário, principalmente nesta época na qual a incidência de ventos mais fortes propicia atividades envolvendo pipas. “Tem ficado muitos pais e adolescentes soltando papagaio, e é bom, de certa forma, a gente estar orientando eles, até mesmo pelo risco de pessoas que praticam esportes, seja caminhada ou de bike, é um risco muito grande”, diz.

O risco é ainda maior se as linhas usadas pelas pessoas forem chilena ou mesmo cerol. “Pode ser que seja linha chilena ou cerol. Mesmo que seja somente linha, se uma pessoa passar de bicicleta ou de moto de trilha, é um risco muito grande de ter uma morte por causa disso”, comenta o brigadista.

Diante disso, a Brigada reforça o pedido para que as pessoas não usem linhas chilenas e cerol, e que recolham restos de linhas que forem usadas durante a atividade.

Para acompanhar o trabalho da Brigada da Serra de Santa Helena, acesse o perfil oficial do grupo no Instagram.

Da Redação




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados