Menu

Operação da PF em Sete Lagoas, BH e Nova Lima combate extração irregular e falsificação de recursos minerais

A Polícia Federal de Minas Gerais realizou, nesta terça-feira (3), a operação ‘Poeira Vermelha - fase Caeté’, para combater a extração irregular e a falsificação de recursos minerais. Foram cumpridos cinco mandados judiciais de busca e apreensão em Belo Horizonte, Nova Lima e Sete Lagoas.

Polícia Federal realiza operação em Belo Horizonte para combater extração irregular e falsificação de recursos minerais — Foto: Polícia FederalPolícia Federal realiza operação em Belo Horizonte para combater extração irregular e falsificação de recursos minerais — Foto: Polícia Federal

Segundo a polícia, além de documentos, quatro pás carregadeiras e dois caminhões caçamba também foram apreendidos. Os materiais vão permanecer à disposição da Justiça Federal para que sejam levados a leilão.

Fases da operação

Na primeira fase da operação Poeira Vermelha, a Polícia Federal apreendeu dois caminhões, utilizados na extração de recursos minerais sem a autorização dos órgãos ambientais, e indiciou cinco pessoas.

Até esta tarde, seis inquéritos policiais tinham sido instaurados, o que resultou no indiciamento de 20 pessoas e cinco empresas pela prática dos crimes de extração ilegal de minério, falsificação de recursos minerais e lavagem de dinheiro. Nove caminhões, duas retroescavadeiras, uma escavadeira de esteira e quatro pés carregadeiras também foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Federal, as penas podem chegar a 16 anos de prisão.

Com G1




Publicidade
Publicidade

Links patrocinados