Menu

Atlético encaminha vaga para a final do Campeonato Mineiro após golear a Tombense no Independência

Sem maiores problemas, o Atlético encaminhou a classificação à final do Campeonato Mineiro. Escalado com várias alterações antes de compromisso pela Copa Libertadores, o Galo dominou o Tombense e venceu por 3 a 0, neste sábado, no Independência, pelo jogo de ida das semifinais do Estadual.

Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A PressFoto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Hyoran, Guga, de pênalti, e Hulk, em belo chute de fora da área, marcaram os gols da partida em Belo Horizonte, com mando da equipe de Tombos. Outro destaque foi o jovem goleiro Matheus Mendes, que entrou na meta alvinegra após expulsão de Everson, e brilhou ao defender cobrança de pênalti de Keké.

Atlético e Tombense voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 16h30, no Mineirão. Para avançar à final, o Alvinegro conta com a vantagem do empate ou derrota por até três gols de diferença. Antes do jogo decisivo no Estadual, o Galo encara o Cerro Porteño, nesta terça-feira, às 19h15, também no Mineirão, pela terceira rodada do Grupo H da Copa Libertadores da América.

O jogo 

Cuca escalou o Atlético com sete mudanças em relação à vitória sobre o América de Cali, pela Libertadores. Na defesa, Guga, Réver e Dodô entraram nos lugares de Mariano, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan e Nathan substituíram Zaracho, lesionado, e Nacho Fernández, no meio-campo; no ataque, Keno e Vargas deram espaço para Hyoran e Hulk. O Galo propôs o jogo desde o início, pressionou a saída do adversário e não demorou a abrir o placar no Independência. Aos 15 minutos, Hulk recebeu de Nathan na direita, centralizou a jogada e lançou rasteiro para Hyoran, na área. O camisa 20 limpou a marcação de Wesley e bateu no cantinho direito de Felipe Garcia:1 a 0.

O Atlético manteve o domínio das ações e, seis minutos depois, ampliou a vantagem. Em levantamento para a área, o árbitro assinalou pênalti de Manoel em Hulk - infração confirmada pelo VAR. Guga foi para a cobrança e mandou no canto direito, fora do alcance do goleiro: 2 a 0. O Tombense respondeu logo na sequência, com Keké. O atacante chutou forte de fora da área, e a bola explodiu no travessão de Everson. Pouco depois, em cabeceio de Arthur, a equipe de Tombos voltou a acertar a trave alvinegra, mas o lance já estava paralisado por falta de ataque.

O ritmo do Atlético no segundo tempo diminuiu. No entanto, a equipe de Cuca seguiu conduzindo a partida sem problemas. Aos 16 minutos, Hulk avançou pela intermediária, recebeu passe de Savarino, mandou uma bomba de esquerda e acertou o canto de Felipe Garcia. Belo gol no Horto: 3 a 0.

Com o jogo nas mãos, o Atlético levou um susto aos 24 minutos com a expulsão de Everson. No lance que originou o cartão vermelho, Tchê Tchê tentou cortar uma investida ofensiva do Tombense, mas falhou no recuo de bola. Caíque aproveitou o erro, saiu cara a cara com o goleiro atleticano, que cometeu pênalti e levou o vermelho direto. Como Rafael, reserva imediato, está afastado por lesão, Matheus Mendes recebeu a missão de entrar no gol alvinegro e brilhou ao defender a cobrança de Keké, no canto direito. O atacante ainda tentou no rebote, mas o jovem goleiro salvou novamente.

Com um jogador a menos, Cuca fortaleceu o sistema defensivo com a entrada do zagueiro Igor Rabello no lugar do atacante Savarino. Nos minutos finais da partida, Diego Tardelli, recuperado de lesão, ganhou oportunidade e quase marcou o quarto gol, mas Felipe Garcia evitou. O Tombense pressionou até os últimos instantes finais e arriscou chutes de longa distância que foram pela linha de fundo ou nas mãos de Matheus Mendes, que demonstrou muita segurança.

Tombense: Felipe Garcia; David, Wesley, Arthur e Manoel; Rodrigo, Paulinho Dias (Marquinhos), Pablo (Caíque) e Jhemerson (Jean Lucas); Keké (Matheus Paquetá) e Rubens (Pedrão). Técnico: Rafael Guanaes

Atlético: Everson; Guga, Réver, Alonso e Dodô; Allan (Franco), Tchê Tchê e Nathan (Matheus Mendes); Savarino (Igor Rabello), Hulk (Sasha) e Hyoran (Diego Tardelli). Técnico: Cuca

Gols: Hyoran, aos 15’ do 1ºT; Guga, aos 21’ do 1ºT, e Hulk, aos 16' do 2ºT (Atlético)
Cartões amarelos: Keké (Tombense); Dodô, Allan (Atlético)
Cartão vermelho: Everson (Atlético)

Motivo: jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro
Data: sábado, 1º de maio de 2021
Local: Independência, em Belo Horizonte

Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Fernanda Nandrea Gomes Antunes
VAR: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira

Da Redação com Superesportes





Publicidade

Links patrocinados