Menu

Coluna / +Tecnologia / As novidades tecnológicas da copa do mundo de 2018 na Rússia

Esse que é o maior evento esportivo do mundo, a Copa do Mundo FIFA 2018, vai dar início na próxima quinta-feira (14). A Copa da Rússia contara com diversas inovações tecnológicas, que você vai poder conferir aqui. Esta que será a copa com maiores recursos tecnológicos, conta também com novidades interessantes, como o árbitro de vídeo, comodidade com estádios e novidades até mesmo na bola oficial. Este texto irá trazer para você tudo aquilo de novidade que a Russa preparou para nós.

Foto: www.torcedores.comFoto: www.torcedores.com

Com o custo de quase R$ 38 Bilhões, a copa do mundo da Rússia traz diversas inovações para dentro das 4 linhas e também para à infraestrutura do país. Para efeito de comparação, a Copa do Brasil, com todos os desvios e má distribuição de recursos, custou R$ 25 bilhões. Mas não vamos entrar nestes detalhes políticos aqui. A FIFA, as delegações participantes, o governo Russo, além dos patrocinadores preparam um show de novidades e um desfile de novas tecnologias que ajudarão ao telespectador a não perder de vista nenhum momento da copa. A primeira novidade é que todos os jogos contaram com definição 4K para seu público. Todas as partidas terão alta definição de transmissão para todo o mundo. As imagens também contaram com um recurso já conhecido por nós, embarcados em nosso smartphones o HDR irá fazer parte das imagens gravadas no evento, garantindo assim melhor contraste entre tons escuros e brilhantes. Outra novidade é a bola utilizada nos jogos. Ela contara com alguns caprichos interessantes. Vai vir com um chip NFC interno que ajudara os árbitros a identificar se ela passou totalmente da linha do gol, validando-o ou não. Outra coisa que a “pelota” trará nesta copa a capacidade de menor absorção de agua, graças ao material que será revertida. Produzida pela Adidas, a bola já pode ser comprada no site oficial da fabricante por certa de R$ 600 reais.

Esta, que será a maior novidade para mim, vai revolucionar a tomada de decisão do árbitro, durante um evento que pode ter lhe causado “duvida”. O arbitro de vídeo conta com um conjunto de câmeras que vai retransmitir todas as jogadas para uma equipe de árbitros. Eles irão ficar em uma sala especial afim de analisar as jogadas e poder auxiliar o árbitro da partida em uma melhor tomada de decisão. Poderá ser aplicada nas seguintes situações: lances de gol, aplicação de cartões em jogadores, erro claro de expulsão direta de um jogador, nesta fica uma observação que não inclui o segundo amarelo, e erro claro na marcação ou não de um pênalti. Mas sempre quem dará o veredito final é o arbitro em campo. O VAR, sigla em inglês que significa “video assistant referee”, pode mudar a forma que uma partida é definida por um erro da arbitragem. Ao meu ver isso vai garantir melhores partidas, e a decisão de uma vitória ou não, dependerá somente da qualidade dos jogares. Erros antes comedidos por árbitros não influenciará nas partidas.

Outra novidade será a utilização de uma “internet paralela”. A criação deste novo DNS segundo o Kremlin de Moscovo, (vamos dizer que seria um departamento de tecnologia e segurança Russo), é garantir que, caso a Rússia sofra ataques cibernéticos durante a copa do mundo, que a comunicação não pare no país. Isso também é um esforço que o estado tem feito para maior controle da internet no seu território. Com a desculpa de garantir segurança do estado Russo, vejo isso como uma forma de se libertar-se dos EUA. Uma vez que o DNS utilizado atualmente tem controle garantidos pelos nortes americanos. Acrescentando, a China é grande apoiadora juntamente com a Índia. “Sobre esse assunto vou abordar em um futuro próximo. Em uma outra oportunidade”.

Os estádios serão um show à parte, são 12 no total. Toda grandiosidade das arquiteturas é de cair o queixo. Teremos estádios modernos e alguns terão telões internos que tem 360º. Controle de temperatura interna e conforto em poltronas e áreas externas. Posso destacar aqui um estádio que tem a bandeira da Rússia no teto projetada em pôr leds espalhadores por todo entorno. Vocês podem conhecer mais cada um deles no link: https://goo.gl/oepWrR.

E por último, não menos importante, temos o “personal ID”. Um item imprescindível para os torcedores. Este “crachá tecnológico” vai acompanhar todos aqueles que compraram os ingressos ou membros da mídia mundial, que assistirão os jogos nos estádios. Contara com um chip que detém todas as informações do seu portador. Além de substituir documentos, como o passaporte, as pessoas poderão desfrutar dos transportes públicos gratuitamente com a apresentação desse “crachá pessoal”. Isso também ajudara a segurança Russa a identificar todos os visitantes em seu país. Todos os estádios contaram com câmeras de reconhecimento facial que identificará possíveis vândalos e terroristas.

Sem sombra de dúvidas esta vai ser uma experiência tecnologia com um gostinho de “futurismo” nesta copa do mundo 2018. Grandes competidores irão mostrar todo seu potencial afim de conquistar o título de melhor do mundo. Mais uma vez a tecnologia vai nós proporcionar momentos incríveis. E que o Brasil traga mais esse título mundial!



Profissional de TI, casado e aspirante a Jedi. Trabalha na área de TI deste 2002. Formado em Sistemas de Informação. Amante de Tecnologia. Gosta de jogos eletrônicos e dedica algum tempo livre a Steam ao som de um bom Rock and Roll . Atleta de fim de semana nunca dispensa um futebol com os amigos. Trabalhou por 5 anos na Stefanini Solutions e hoje faz parte da equipe da Brennand Cimentos em Sete Lagoas.