Menu

Coluna / Recursos Humanos / Balanço Profissional 2017

No mês de dezembro o balanço profissional faz parte da vida de muitos, e o ano de 2017 gerou motivos de sobra que podem influenciar em seus diversos resultados. Para que seu balanço profissional lhe traga interpretações reais e construtivas é necessário entender que mesmo diante da grave crise de desemprego, oscilações dos cargos, salários e setor profissional, a analise tem que partir do contexto geral para o individual, ou seja, entender a crise geral do mercado de trabalho e a partir dai, construir uma interpretação individual da sua própria situação no mercado.

Foto ilustrativa: http://blog.prestus.com.br/Foto ilustrativa: http://blog.prestus.com.br/

Atualmente o Brasil esta com quase 14 milhões de desempregados, mas muitos setores neste ultimo trimestre reagiu de forma positiva, foi estancado as demissões em massa e novas contratações estão emergindo aos poucos.

Faça uma pesquisa do seu cargo e função no mercado atual, e responda: quais são as exigências atualizadas? O que o mercado está exigindo nas contratações mais recentes em seu cargo e setor? Em qual contexto você se encaixa dentro deste perfil?

Inclua em seu balanço a sua maturidade profissional, você é um profissional em inicio de carreira ou um consolidado? Lembre-se; profissionais consolidados ganham mais, por outro lado o
profissional em inicio de carreira podem não ser o adequado para diversas empresas que trabalham com estratégias para sair da crise.

Quem é você profissionalmente? Como você esta profissionalmente? Quais são suas potencialidades? Quais são suas limitações pessoais e profissionais? Entenda em qual ponto você está?

Reconsidere todas as possibilidades e condições profissionais, para manter-se no emprego atual ou para se enquadrar em novas oportunidades em 2018, reconsidere também os reflexos da nova reforma trabalhista e qual a sua influência para sua realidade profissional?

Qual é seu plano para 2018? Salários e benefícios diferentes? Responsabilidades e carga horárias diferentes? Mudança de setores e áreas de atuação? Revisão de capacitação e treinamentos? Qual é sua realidade individual e profissional dentro do contexto atual do seu setor de atuação?

Faça uma analise básica e retrospectiva:

Qual era seu ponto de partida no inicio de 2017?
Qual era o caminho a ser percorrido em 2017? Como você chegou neste final de ano?
Quais foram os esforços próprios e dedicações realizadas? Qual foi o seu diferencial?
Quais foram às conquistas ou perdas? Como ficou o ano de forma geral?
O que foi deixado de fazer por vontade própria? O que foi deixado de fazer por outros motivos?
O que da para ser feito a partir de agora? Qual é seu ponto de partida para 2018?

Se o resultado do balanço foi positivo, mantenha o foco das conquistas para 2018!
Não foi o esperado? Refaça de forma consciente e responsável seu novo projeto para um feliz 2018.

Bacharel em Administração pela UNIFEMM – Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Pessoas pela faculdade SENAC – BH – Obtenção de novo título em Psicologia - Consultor RH – Especialista em Gestão estrategica de Pessoas Analista Profiler - Consultor em Sete Lagoas e região da Rede de Recrutadores do Brasil.
Adminitrador da agência APOLO – www.apolo.srv.br
Diretor de Com. e Eventos CDL- Sete Lagoas.




Publicidade
Publicidade

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar